Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle

EDIÇÃO DE SETEMBRO 2016

DATAS DE SETEMBRO:

*Mês consagrado à Bíblia

* Aniversário do Jornal Novo Tempo

  • 01 – Início da Semana da Pátria

  • 03 – Dia das Organizações Populares

  • 05 – Dia da Amazônia

  • 06 – Dia do Barbeiro

  • 06 – Dia do Alfaiate

  • O6 – Dia do Muriaeense

  • 07 – Dia da Pátria – Independência do Brasil

  • 08 – Dia Mundial da Alfabetização

  • 09 – Dia do Veterinário

  • 09 – Dia do Administrador de Empresas

  • 10 – Dia da Imprensa

  • 14 – Dia do Frevo

  • 18 – Dia dos Símbolos Nacionais

  • 19 – Dia de São Januário

  • 20 – Dia do Funcionário Municipal

  • 21 – Dia do Radialista

  • 21 – Dia do Fazendeiro

  • 22 – Dia do Técnico Agropecuário

  • 25 – Dia da Radiodifusão

  • 25 – Dia Nacional do Trânsito

  • 26 – Dia Internacional das Relações Públicas

  • 27 – Dia Internacional do Idoso

  • 27 – Dia do Ancião

  • 27 – Dia da Caridade

  • 27 – Dia do Encanador

  • 29 – Dia do Petróleo

  • 30 – Dia da Secretária

  • 30 – Dia da Navegação

  • 30 – Dia do Tradutor

 

PERÍODOS DAS ESTAÇÕES DO ANO:

  • 20 DE Março a 20 de Junho - Outono

  • 21 de Junho a 22 de Setembro - Inverno

  • 23 de Setembro a 21 de Dezembro - Primavera

  • 22 de Dezembro a 19 de Março – Verão

 

DATAS RELIGIOSAS

  • 03 – Dia de São Gregório Magno

  • 08 – Dia da Natividade de Nossa Senhora

  • 14 – Dia da Exaltação à Santa Cruz

  • 15 – Dia de Nossa Senhora das Dores

  • 16 – Dia de São Cornélio

  • 16 – Dia de São Cipriano

  • 19 – Dia de São Januário

  • 21 – Dia de São Mateus

  • 22 – Dia do Técnico Agropecuário

  • 23 – Dia de São Pio de Pietrelcina

  • 24 – Dia da Bíblia

  • 26 – Dia de São Cosme e São Damião

  • 27 – Dia do Encanador

  • 29 – Dia dos Arcanjos: São Miguel – Gabriel e Rafael

  • 30 – Dia de São Jerônimo

PARA SER UM VERDADEIRO OTIMISTA É PRECISO SER AUTÊNTICO

Sou de opinião de que não devemos chorar o passado, temos que viver o presente e preparar o futuro através de um grande investimento na área da educação, cultura, pesquisa científica e tecnológica. Temos que mudar o panorama político brasileiro, assim, mudaremos o panorama econômico, social e cultural. Tenho esperança de um Brasil renovado e democratizado, principalmente através dos jovens e das mulheres. Vejo o Brasil atualmente com seqüelas de um regime autoritário, de uma ditadura que durou vinte anos. Para se fazer uma análise do problema brasileiro no momento, é necessário entender que estamos vivendo um período que após o regime militar e o golpe de 64 – há quem fale de golpe novamente e há quem defenda o impeachment da presidente Dilma - desorganizou o Brasil, assim como todo o regime ditatorial.

            Isso é lamentável, a falta de cultura política no País, leva a determinados governantes, que não têm certo embasamento de conhecimento da realidade brasileira, um problema polido socialmente e mesmo econômico com análises meio superficiais. Considero a educação prioritária, mas infelizmente a educação não é o forte desse País. É lamentável também professores terem que fazer greves para obterem míseros aumentos. É inaceitável, homens que tenham passado por salas de aula, que tenham dependido de Professores que lhes dessem o saber, entrem para a política e menosprezem tanto esses trabalhadores.

            Apesar de todas essas dificuldades, sou um otimista e penso que o Brasil é um dos países que tem mais possibilidades no mundo, hoje, devido às suas riquezas naturais, bacia hidrográfica e possibilidades de aproveitamento do solo. Há grandes atrasos em algumas áreas, mas o Brasil é viável! Só que, para ser um verdadeiro otimista, não basta acreditar; é preciso otimizar os próprios recursos e investir com fé na vida. Para ser um verdadeiro otimista não basta ter esperança; é preciso partir empunhando a lança contra os mesquinhos moinhos da vida. Para ser um verdadeiro otimista, não basta produzir riquezas; é preciso ter a certeza de que a felicidade não se limita a isto.

            Ah, para ser um verdadeiro otimista é preciso ser autêntico e acreditar de verdade na beleza e na vida. As eleições de 2016 aí estão, está na hora de escolhermos as pessoas em quem acreditamos e depositarmos o nosso voto de confiança em suas mãos. Mais do que nunca a sociedade precisa dos verdadeiros otimistas, dos que, conscientes do valor do voto, não se deixam corromper e se engajam na luta por um futuro melhor. Consciência, eleitor! Não venda seu voto. Voto não tem preço, tem conseqüências.

            Celebramos no dia 07 de setembro a “Independência do Brasil”. Há exatos 194 anos o país comemorava um dos momentos mais importantes de sua história a independência do Brasil. Quase dois séculos depois a data é lembrada com as tradicionais solenidades cívicas que acontecem em todo o Brasil. Veja nesta edição o desfile cívico de Muriaé. A campanha eleitoral está aí com seus carros de som a berrarem nos nossos ouvidos – felizmente o tempo de propaganda político foi reduzido – e logo teremos as eleições, que marcarão os destinos do nosso município para os próximos quatro anos. Leia a coluna Catequese e Política e descubra um pouquinho mais sobre nosso dever do voto: Celebrar o dia da Pátria e eleger os nossos governantes mexem profundamente com nossa fé, esperança e caridade, pois as coisas podem e devem ser mudadas a partir de cada um, da nossa casa, de nossa paróquia, de nosso município.

            Setembro é também o mês da Bíblia. Que bom seria, se a Bíblia fosse presença real e palpitante em todas as famílias. Veja o que nos diz padre Roque Schneider na matéria “Tiremos a Bíblia da estante, das bibliotecas”.

O Editor

SEJA PRUDENTE, OLHA O SINAL, ATENÇÃO: NOVOS SEMÁFOROS ESTÃO SENDO INSTALADOS EM MURIAÉ

            Em setembro se comemora a Semana Nacional do Trânsito. Em Muriaé, lideranças se reúnem no Teatro Belmira Vilas Boas, no IV Fórum, para discutirem sobre mobilidade urbana. Nem é preciso dizer que o trânsito de Muriaé é caótico. Com o objetivo de melhorar o fluxo, seja de pedestre, seja de veículos, estão sendo instalados semáforos em diversos pontos da cidade. Isso obviamente exige mais atenção de todos, principalmente dos pedestres que, muito displicentemente atravessam a via pública, sem observar o sinal. Seja prudente. Olhe o sinal. Pare, olhe e atravesse em segurança.

            Numa de suas canções, o compositor e intérprete Benito di Paula fala com muita propriedade e poesia da importância de se observar os sinais de trânsito: “Vi um caminhão tombado no meio da estrada e a coisa ficou parada. Vi olhares tristes, sombrios, estacionados ... Pra que tanto aviso: Não corra, não mate, não morra, se quando o mal acontece ninguém sabe dizer o porquê. A carga do caminhão tombada no meio da estrada era como lágrimas. A maquina quente, esfriando, morrendo abandonada. Tente ajudar quem precisa chegar, ligue a seta à esquerda, reduza. Esqueça essa pressa, ela pode dar em nada. Olha o sinal, atenção: tem crianças brincando, sorrindo. Seja prudente, humano, lembre-se de que tem alguém te esperando!”

            É mais ou menos isso o que diz o poeta Benito, na canção intitulada “Pare, olhe e viva”, que consta da minha coleção de 1.138 elepês e, que vez ou outra, seleciono e ponho para tocar no meu aparelho de som que ainda hoje, roda meus vinis. Por que estou a falar desta canção, de Benito di Paula e disco de vinil? A canção me remete a uma série de lembranças, é também um alerta para motoristas e pedestres imprudentes, é uma baita reflexão acerca do nosso dever de observar as leis do trânsito e o que isso pode trazer de conseqüências, com a sua inobservância, quando neglicenciamos.  

            Estou a observar, aqui em Muriaé, onde o Dimutran, órgão responsável pelo trânsito está instalando novos sinais de trânsito em diversos pontos da cidade para atender a necessidade da população. Faz-se necessário realmente, que se amplie os semáforos para maior segurança de todos, motoristas e pedestres. Mas se faz necessário também, que todos respeitem esses sinais, que aprendam a conviver com eles, que entendam que as leis estabelecidas devem ser cumpridas. É comum, aqui em nossa cidade os pedestres desrespeitarem essa lei. Não sei se por falta de informação, se por desatenção, ou se por julgarem que em qualquer circunstancia lhes é assegurado o direito de atravessarem e que motorista nenhum vai importuná-lo. O fato é que invadem a faixa, a seu bel prazer, quando querem, como querem e a hora que querem – há ainda pessoas que desfilam, como se a faixa fosse uma passarela de moda, mesmo o sinal estando fechado para elas.

 É obvio que o motorista não vai atropelá-lo, pelo menos essa não deve ser nunca a intenção. Também não é preciso correr na faixa. Contudo, é bom lembrar que há um tempo cronometrado ali para ambos e, que as luzes com as cores distintas lhes dizem quando se deve aguardar e quando se deve atravessar. Enquanto aguardava para atravessar no sinal da Praça Coronel Pacheco de Medeiros, - a pracinha dos Correios - ouvi pessoas dizerem que, a instalação dos semáforos só fez piorar para os pedestres. Não posso concordar com tal argumento, já que entendo que os sinais existem para trazer benefícios a todos e não para prejudicar a esse ou aquele. Precisamos como já disse aprender a conviver com eles e é tão fácil, tão simples. Até parece que se trata de uma novidade, de algo desconhecido para tanta gente, quando na verdade, foi em 1868, que se instituíram lanternas verdes e vermelhas para organizar o fluxo de carruagens e pedestres, nas movimentadas esquinas de Londres. Veja a matéria a seguir:

Fernando M. Ribeiro

STOP: QUEM INVENTOU O SEMÁFORO?

            A palavra em si foi criada na Grécia antiga – com a junção dos termos sema (sinal) e phoros (que leva) – para dar nome a um sistema utilizado para transmitir mensagens por tabuletas. Demorou mais de um milênio para surgir o semáforo como o conhecemos: um dispositivo para controle de tráfego. Foi nas esquinas movimentadas de Londres, em 1868, que se instituíram lanternas verdes e vermelhas para organizar o fluxo de carruagens e pedestres. A utilização dos mesmos sinais com luzes elétricas, por sua vez, teve início em 1914 na cidade de Cleveland, Estados Unidos. As luzes eram controladas por guardas que se revezavam no local.

            Em 1917, a luz amarela foi acrescentada aos sinais de transito de Detroit, no mesmo país – e o sinaleiro automático, que dispensava a operação manual, surgiu na década seguinte. Já o primeiro registro da utilização de luz vermelha para sinalização data de 1806, em um farol na costa britânica. Pouco depois, os navios começaram a usá-la e, em seguida, foi a vez das ferrovias. A cor foi escolhida por um motivo prático: ao realizar testes de transparência com vidros coloridos, o engenheiro Robert Stevenson, responsável pela construção do tal farol, descobriu que o tal vermelho era o que deixava passar mais luz.

Fonte: Revista Mundo Estranho

VOCÊ SABIA???

            O Brasil é um grande produtor de bebidas. A quantidade e a variedade de matérias primas garantem sabores com personalidade, mesmo naqueles de origem estrangeira, como o vinho. Se você gosta de um “turismo gastronômico”, dê uma olhadinha nessa matéria e siga essas rotas:

* Café: O Brasil é o maior produtor do mundo. Para visitar fazendas e provar um café de primeiríssima qualidade, visite Vassouras e Barra do Piraí (RJ) ou conheça a Rota do Café, no Paraná.

* Cachaça: Considerada Patrimônio Histórico e Cultural, a cachaça é produzida em todo o país. Destacamos Salinas e Brumadinho (MG), Paraty (RJ) e Alexânia (GO).

            Nesses locais, você poderá provar grande variedade de marcas artesanais.

* Vinhos e Espumantes: Garibaldi (RS) é a cidade dos espumantes, com mais de 10 produtores. Na Serra Gaúcha (Bento Gonçalves, Caxias do Sul e Garibaldi) são produzidos os melhores vinhos do país, mas Santa Catarina também desponta com grandes vinhedos.

* Cajuína: É uma bebida não alcoólica resultante da esterilização do caju. Para beber uma boa cajuína, visite o Piauí ou a região do Cariri, no Ceará.

* Cervejas: As cervejarias artesanais se espalham por todo o Brasil. A Rota Catarinense, com forte influência alemã, conta com cidades como   Blumenau, Brusque e Joinville. Outros pólos produtores são Ribeirão Preto, Belo Horizonte e Belém, que produz a bebida com mistura de frutas e sementes típicas da região.

            A primeira vez que degustei cerveja artesanal foi em Petrópolis, na Baal Fest, tradicional festa da colônia alemã, em Petrópolis, quando lá estive – com a turma da faculdade – algumas Barracas que serviam o “suco de cevada”. Não sou um profundo conhecedor do produto, não consumo regularmente o precioso líquido. Há raríssimas casas que produzem e servem a cerveja artesanal, em nossa cidade, mas quando visito parentes em São Paulo, mais precisamente na serra de Mairiporã, o primo Cacá, produz artesanalmente a cerveja, com todos os rigores que um bom artesão exige e posso dar meu testemunho: a cerveja é uma delícia!

ELEIÇÕES MUNICIPAIS – 2016

VOTO NÃO TEM PREÇO, TEM CONSEQUENCIAS

            Estamos nos aproximando das eleições do dia 02 de outubro, momento em que devemos unir as nossas preces e pedir a luz do Espírito Santo para que possamos exercer bem o nosso direito de votar. A Igreja desde Puebla, Medellim, tem convocado os fiéis leigos a ocuparem os cargos públicos como PROTAGONISTAS DA FÉ NO MUNDO DA POLÍTICA. É comum se ouvir: política não se discute ou ainda política e religião não se misturam. São opiniões que ouvimos com freqüência, são argumentos que muitos usam para fugirem às responsabilidades, talvez. Como já disse aqui dezenas de vezes, “não sou candidato a nada”! Desde a década de setenta, - no final da década, quando eu fazia meus vinte anos – recebo convites, indicações para concorrer ao cargo de vereador. Não aceitei àquela época, - eu era um daqueles que acreditava que política e religião não se coadunam – não acreditei posteriormente – já não comungava dessa opinião, mas simplesmente a política não me atrai -  me recuso aceitar no presente e asseguro-lhes que não aceitarei futuramente tal convite.

            Confesso que fico lisonjeado quando tomo conhecimento de que alguém disse que eu deveria pleitear uma vaga e que eu daria uma contribuição ímpar para o município atuando no Legislativo. Quando isso me é dito diretamente por alguns amigos, fico desconcertado e digo sempre não. Quando insistem na questão, me aborreço. Não externo minha irritação por uma questão de conduta, não desejando ser deseducado com ninguém. Mas na verdade, me impacienta o fato de eu dizer não e não tantas vezes e ouvir de meu interlocutor a insistente pergunta, os mesmos argumentos. Por que não? Porque não tenho aptidão para a política e porque acredito que posso ser útil sem ser membro da Casa Legislativa. Já o disse isso também aos candidatos ao cargo e àqueles que exercem ou exerceram tal cargo, que contem comigo na elaboração e execução de projetos.

            Em 1994, entrevistei o deputado federal Osmânio Pereira de Oliveira no_ 4570 e o deputado estadual Miguel Martini No_ 45199, ambos indicados pela Coordenação Arquidiocesana da RCC de Belo Horizonte. Outros nomes como o músico, cantor e compositor Eron Biondine, Gabriel Chalita e tantos outros ocupam cargos públicos e dão sua contribuição. Para esta eleição municipal de 2016, outra vez temos uma variedade de bons nomes que deseja se eleger com o seu voto e, você pode contribuir para que ele alcance o seu objetivo. Vote consciente, pois voto não tem preço, tem conseqüências ...

            Em 1999, o Congresso Nacional após deliberar em tempo recorde, 35 dias, aprovou o primeiro Projeto de Lei de Iniciativa Popular, apresentado com mais de um milhão de assinaturas. Foi decretado e sancionado pelo Presidente da República, em 28-09-1999, a Lei No_ 9840, um novo instrumento para acabar com a impunidade do crime de compra de votos, flagelo de nossa democracia. Lembro-me que eu disse num dos editorias do NT da época que, com a sansão dessa Lei, “o ano de 200 poderá ser o ano da limpeza, se nas eleições municipais exigirmos o cumprimento efetivo da Lei 9840/99, e se nas urnas, através do voto, eliminarmos os políticos aproveitadores que exploram  as carências populares para conquistar mandatos e exercê-los unicamente em seu próprio proveito”.

            Por todo o país, - no nosso município não -  instalaram-se “Comitês 9840, para fiscalizar o cumprimento da nova Lei, fazendo também um trabalho educativo sobre o valor e a importância do voto como exercício do poder do cidadão, no momento em que ele delega esse poder a outros cidadãos. Há no Brasil, um grande número de eleitores com baixo nível de consciência política, permitindo que políticos inescrupulosos se elejam trocando por votos o atendimento de necessidades materiais imediatas dessa parcela da população. Esses políticos inescrupulosos, não querem terminar com as carências do povo, são mentores da corrupção, fazem a exploração eleitoral da miséria. No dia 02 de outubro, não venda seu voto, Voto não tem preço, tem conseqüências ...  Vote com consciência, Vote com qualidade, Diga não à corrupção eleitoral.

            Outro dia vi num telejornal um insensato juiz, deliberando em favor de políticos que estavam impossibilitados de se candidatarem e mais: disse o estúpido, que a Lei da Ficha Limpa foi feita por bêbados, que ela não fora bem elaborada e que ela deixa brechas para más interpretações e outras  - a meu ver, que sou um Zé Ninguém – baboseiras. Um projeto de Lei de Iniciativa Popular, que atendia as aspirações do povo ali representado por mais de um milhão de assinaturas e vem um infeliz a dizer essas asneiras, a contribuir com os corruptos, a apostar nos fichas sujas, alçando-os novamente aos cargos públicos. A OAB disse que o tal juiz responderá sobre essa sua acusação, sobre essa sua fala irresponsável. Podemos até dizer que não mudou muita coisa, mas daí a dizer que a iniciativa é ruim, que a Lei não contribui em nada, é uma tremenda insensatez. E o povo sabe que muita “gente boa” tornou-se inelegível graças à Lei 9840, a Lei da Ficha Limpa.

Fernando M. Ribeiro

CATEQUESE E POLÍTICA

            “Senhor, daí vossa força divina aos que lutam em favor da justiça, da dignidade humana e da solidariedade. Dissipai as trevas do coração egoísta que só pensa em si, inspirai nos nossos políticos atitudes de humildade e escuta para que exerçam a autoridade como serviço, guardai todos os pais e famílias para que cumpram sua missão com alegria”.

             Em 07 de setembro celebramos a independência do Brasil e em 02 de outubro temos as eleições, que marcarão os destinos do nosso município para os próximos quatro anos. Deus inclui a construção de um mundo justo e solidário para todos os seus filhos. E isso não se faz sem compromisso político, sem cidadania. Nessa matéria, o irmão Nery nos falará sobre catequese: fé e vida. Jesus, seu país, seu povo. Catequese e cidadania. Ser omisso. Veja:

CATEQUESE: FÉ E VIDA.

            Já sabemos que não existe fé verdadeira sem a interação fé-vida. Ao realizar o processo de educação da pessoa na fé, na esperança e na caridade a catequese leva em conta que essa pessoa é gente, com todas as maravilhas e fragilidades de seu ser, relacionar-se, fazer, amar, sonhar. O céu, comunhão de plena felicidade com Deus, com os outros, com a natureza, consigo mesmo, começa aqui, na terra. E terra tem a ver com corpo, amizade, família,, natureza, tempo, história, sociedade, pátria.

 

JESUS, SEU PAÍS, SEU POVO

Jesus viveu encarnado numa realidade corporal, num determinado país, num momento específico da história. Amava sua família, sua terra, seu povo, sua religião. Conflitava com os governantes, pois exploravam o povo, tanto os políticos como os religiosos. Chegou a chamar Herodes de raposa e aos líderes religiosos de hipócritas. Percorreu todo o país, de cidade em cidade, de aldeia em aldeia. Chorou sobre Jerusalém, a capital, amou o povo, preferencialmente os pobres, enfermos, discriminados, sofredores. Queria um mundo justo, solidário, fraterno ...

 

CATEQUESE E CIDADANIA

Se a catequese tem de fazer a interação fé e vida, obviamente tem de colocar entre seus objetivos ajudar a formar cidadãos conscientes, esclarecidos, competentes e aliados do povo pobre e sofredor. A fé que não compromete o cristão com um projeto sócio-econômico-político a partir dos valores do Evangelho, é falsa, pois não assume a caridade político-libertadora. Celebrar o dia da Pátria e eleger os governantes mexem profundamente com nossa fé, esperança e caridade; constituem importantes itens do teste do amor que comprova a nossa maturidade cristã. Se a fé sem obras é morta (Tiago 2:17), como um cristão pode ficar omisso, indiferente no dia da Pátria, ao saber que o Brasil ainda não é suficientemente liberto e libertador? E nas eleições, ao saber que o destino de milhões e milhões de pessoas será confiado a alguns políticos como - Presidente da República, Governadores, Senadores, Deputados, lembra-te que teremos eleições para Elegê-los em 2018 - Prefeitos e Vereadores? ... Que Brasil queremos ao celebrar o 7 de setembro e, que Município queremos ao eleger os mandatários políticos?

 

SER OMISSO

            Não participar é deixar um espaço vago que, muitas vezes será ocupado por espertinhos, malandros corruptos. Há muita gente querendo a omissão dos cristãos. Não tendo na política quem, com os critérios do Evangelho, denuncia, propõe e faz, sobra espaço para quem quer aproveitar da situação e explorar o povo ... Não basta dizer “Senhor, Senhor”, é preciso “fazer a vontade de Deus” e fazer a vontade de Deus inclui a construção de um mundo justo e solidário para todos os seus filhos e filhas. E isso não se faz sem compromisso político, sem cidadania.

Irmão Nery – FSC

PARQUE DE EXPOSIÇÃO DE CACHOEIRA ALEGRE

         O Município é a célula mater de todo o país. A vida acontece no município. Aí reside a importância do poder público municipal para todos nós cidadãos. Nestes tempos de crise, é muito acentuada a dificuldade financeira de nossos municípios. A maioria tem grandes dificuldades de cumprir seus compromissos. A reforma tributária faz-se necessária e urgente. Novo modelo de administração pública precisa ser estabelecido. Desta forma fica muito clara a importância de uma Associação que congrega todos os municípios mineiros. Para o nosso município, fazer parte de uma associação assim, ou uma que reunisse os municípios da região da Zona da Mata mineira, certamente, contribuiria bastante na luta para melhorar a situação econômica e financeira. Estamos às vésperas das eleições municipais e do encerramento do mandato daqueles que eleitos foram em 2012.

         Em nosso município, particularmente, algumas obras vêm se arrastando desde o princípio desse ano e outras desde o ano passado, como o Parque de Exposição - cujo prazo previsto para entrega espiou em 18 de julho – a pavimentação da avenida de acesso ... a chegada de Cachoeira. Outras estão totalmente paralisadas faz tempo, mas serão retomadas em breve, segundo disse o prefeito a esse informativo. O atraso na seqüência das obras deve-se às dificuldades pelas quais passam os municípios - em alguns municípios está tudo parado, pois não há verbas - com a crise que se instalou no país. Há de se entender que mesmo em meio à grave crise e à dificuldade de se adquirir recursos, nós estamos trabalhando. Basta fazer uma visita ao Bairro São Tomé para ver que as obras seguem o seu curso.

         Nos próximos dias as atenções estarão voltadas para as obras da chegada de Cachoeira, onde faremos o calçadão em toda a extensão nas laterais das duas pistas e a iluminação, já que foi feito o plantio de árvores, a pavimentação das duas pistas, o plantio de grama e a jardinagem no canteiro central. No Parque de Exposição, a empresa encarregada desses serviços – a empresa que venceu a licitação – estará com seus funcionários executando o serviço faltante para dotar o local de toda a estrutura necessária ao conforto e lazer, conferindo um novo aspecto ao nosso distrito, mudando o panorama de nossa Cachoeira, transformando esse espaço num belo cartão postal. Veja agora, como estará o novo Parque de Exposição depois de totalmente revitalizado. Veja também a ficha técnica da obra.

 

CONSTRUÇÃO DO PARQUE DE EXPOSIÇÃO

Valor total da obra: R$ 414.833,01

Comunidade: Distrito de Cachoeira Alegre – MG.

Município: Barão de Monte Alto – MG.

Objetivo: Construção do Parque de Exposição

Agentes Participantes: Prefeitura Municipal de Barão De Monte Alto e CEF>

Início da Obra: 18 de janeiro de 2016-08-30 Término da Obra: 18 de julho de 2016

BAIRRO SÃO TOMÉ ESTÁ SENDO CONTEMPLADO COM OBRAS DE SANEAMENTO BÁSICO

        “As obras de saneamento básico do Bairro São Tomé, por exemplo, é uma prova inconteste de que estamos avançando. Basta fazer uma visita ao local, caminhar pelas suas ruas e vão constatar que valas foram abertas para receberem as manilhas da extensa galeria de águas pluviais, a rede de esgoto está sendo feita, meios fios estão sendo colocados e o calçamento terá início tão logo sejam concluídas estas obras que quase ninguém vê, porque depois de cobertas as manilhas, depois de fechadas as valas, elas se tornam imperceptíveis, pois estão debaixo da terra. Mas se você fizer uma visita, vai perceber que aqui, em Cachoeira Alegre, até então nenhum gestor fez uma obra com toda esta infra-estrutura. Raramente se encontrará galerias de águas pluviais e bocas de lobo. É comum a água da chuvas correrem pelas ruas a céu aberto, até alcançarem o córrego rico.   Aos moradores do bairro peço compreensão pelo transtorno que causamos, mas reitero que obras desse tipo são demoradas realmente mas que muito em breve eles serão contemplados com um bairro repleto de boas obras que lhes darão mais qualidade de vida”, disse o atual prefeito.

       “Esse bairro surgiu há mais de dez anos, enfrentamos todo tipo de dificuldade como falta de água, falta de energia, de rede de esgoto e outras tantas carências que tivemos que conviver com elas. Ver as máquinas abrirem as valetas e os operários efetuarem o trabalho nos enche de alegria”, disse uma moradora da Rua Maria Aparecida da Silva Cerqueira. “Andar no meio dessa terra e ter que saltar por cima dessa carreira de manilha para eu chegar até ao portão de minha casa, sabendo que no dia de amanhã vamos ter até calçamento na nossa rua, é o de menos. Pior é ter que pisar na poeira ou no barro a vida inteira e não ver as nossas necessidades atendidas. Estou muito satisfeita com as obras”, disse Alexandra Freira, outra moradora do Bairro.

SETEMBRO MÊS DA BÍBLIA: TIREMOS A BÍBLIA DA ESTANTE, DAS BIBLIOTECAS ...

             A Bíblia continua sendo o livro mais vendido do mundo. Assim mesmo, milhões de pessoas não a conhecem, muitos a compram e ela fica esquecida, pegando poeira na estante, na biblioteca. Outros fazem da Bíblia um simples enfeite de sala, ao lado de um jarro de flores, junto à televisão. Nada mais que um livro decorativo. Lindamente encadernado e ... sempre fechado. A Bíblia, livro dos livros, não é apenas a Palavra de Deus que a tradição cristã nos legou. É o próprio Cristo, vivo e palpitante dentro da nossa casa, dentro da nossa vida. Na Bíblia, dois livros importantes e básicos: o Antigo e o Novo Testamento. O Novíssimo Testamento ...  somos nós que o escrevemos e vivemos, hoje, edição século XX. Para interpretar a Palavra de Deus, o cérebro é menos importante que o coração. É preciso ter um profundo olhar de contemplação para atingir a riqueza imensa contida na Sagrada Escritura.

            Olhar de contemplação reclama fé, esperança, humildade. Alma simples. Abertura de espírito. Coração de criança.O olhar de contemplação tem antenas mais poderosas que uma torre de rádio ou televisão. Capta sutilezas que um telescópio não atinge. Percebe gestos de misericórdia e amor, onde o computador eletrônico, a ciência e a psicanálise não chegam. O homem moderno vem perdendo gradativamente a sensibilidade espiritual. O olhar de contemplação se alimenta na prece, no silêncio reflexivo, na vida sacramental. Supõe a graça divina e pede nossa colaboração. Colaboração humilde, generosa, alegre e perseverante. O Evangelho não é apenas um livro que se lê e medita, mas é acima de tudo uma Pessoa que se descobre: Jesus Cristo, nosso amigo e redentor.

            Respeito e admiro muito os homens de um livro só, bem assimilado e vivido. A Bíblia, por exemplo. Gostaria de sair pelo mundo, carregando um grande cartaz com este letreiro: “Tiremos a Bíblia da estante, das bibliotecas. E coloquemos Jesus em nossos lares, nossas casas, em nossa vida, no fundo do coração. É isso aí, meu irmão, minha irmã: todos os belos pensamentos já foram escritos. O que falta é vivê-los, com generosidade, com entusiasmo e muito amor. Setembro é também o mês da Pátria. Que bom seria se a Bíblia fosse presença real e palpitante em todas as famílias brasileiras! O futuro de uma nação depende um pouco de cada um de seus habitantes. Para construir o Brasil de hoje de amanhã, cada cidadão deve colocar o seu tijolinho de esforço e boa vontade no edifício em construção.

            A solidariedade é o caminho e unidos seremos mais fortes em qualquer dificuldade. Muitas vezes buscamos no imaginário o que a realidade nos nega. Temos sempre alguma esperança na reserva, algum sonho de plantão.  Copa do Mundo, Olimpíadas, o título de campeão do meu time de futebol, uma viagem ao exterior, o impeachment da presidente, a cassação de Eduardo Cunha, novas eleições ...  (o que se encontra em negrito é desse escriba que vos fala. Não consta no texto do autor, o querido padre Roque Schneider). Definitivamente, este é o combustível que move  nosso povo: a esperança de dias melhores, alguma ilusão. Precisamos ir além, colocar os pés no chão dos fatos concretos. O Brasil será a conseqüência , o fruto do que plantarmos hoje, de mãos dadas no trabalho, na busca de soluções urgentes inadiáveis. Que Nossa Senhora Aparecida nos ajude e abençoe nessa ingente tarefa nacional.

Padre Roque Schneider – S.J.

10 DE SETEMBRO: DIA DA IMPRENSA

            Encontrei-me com um antigo simpatizante do Novo Tempo com um recorte de jornal na mão e uma sugestão: “fale na coluna de esporte, fale do campeonato brasileiro”. “O responsável por essa coluna ainda não mandou o material”, respondi. Talvez ele fale da conquista inédita do ouro olímpico para o futebol brasileiro, da vitória da seleção do Tite, em Quito e os próximo jogos do Brasil nas eliminatórias para a Copa de 2018 e, muito provavelmente do brasileirão, disse eu. Fale então do Flamengo, ele está no G4, você sabe?, insiste o amigo. Outra vez digo que não devo interferir na coluna de esportes destinada a outra pessoa que, gentilmente escreverá sobre o assunto. É quando então, ele dita a sentença: arranje um espaço e publique essa matéria. Olhe só, disse ele me entregando o recorte de jornal. Para atender o amigo e não decepcionar o leitor eis a matéria, que cuidei de adaptá-la a esse espaço:

ARENA DIGITAL RUBRO-NEGRA

            Sem casa no Brasileiro, Clube de Regatas do Flamengo fortalece contato com torcedores por meio da interação nas redes sociais. A torcida do Flamengo, acostumada a assistir aos jogos do time no maracanã, está cada vez mais antenada na “arena digital” desenvolvida pelo clube nas redes sociais. Com o estádio que consideram a sua casa, cedido aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos até o fim de outubro, os rubro-negros aprenderam a torcer, curtir e compartilhar as informações por meio dos canais digitais do clube.

            O crescimento do “Fla Tv” só perde para os das TVs de Barcelona, Real Madid e City. Nos últimos seis meses, o Flamengo foi o quarto canal de TV oficial de clube com maior crescimento no mundo, atas apenas de Barcelona, Real Madrid e Manchester City. O aumento é maior do que o de equipes como o Bayern de Munique, Arsenal, São Paulo, Paris Saint Germain e Juventus. No Brasil a Fla TV ultrapassou o Corinthians em inscritos. No Instagram, o flamengo quase supera o time paulista, que ainda é líder. Em dezembro de 2015, o Corinthians tinha 1,3 milhão de seguidores contra 900 mil do flamengo. Em 2016: a diferença caiu para 100 mil: 1,6 milhão do Corinthians, contra 1,5 milhão do flamengo.

            O Flamengo não se dava conta de seu poder no mundo virtual. No Facebook, foram 330 mil “likes” em 2016. O maior crescimento entre clubes do Brasil. Além disso, mais de 10 milhões de pessoas acessam o canal a cada jogo do flamengo. No twitter, o engajamento é crescente em 2016: 1,3 milhão no primeiro trimestre (contra 472,5 mil em 2015), 1,6 milhão no segundo (contra 506 mil  em 2015) e 1,8 milhão em julho (contra 8s0 mil em 2015). Há um ano no cargo, o vice de comunicação  Antonio Tabet comemora o resultado.  O Flamengo não se dava conta de seu poder no mundo virtual. Os números nos deixam entre os tops três ou quatro do planeta. Dependendo da rede, é maior que o de todos os clubes brasileiros somados, orgulha-se Tabet.

Diogo Dantas diogodantas@extra.inf.br

CANTOR ISRAEL NOVAES E BANDA BONDE DO FORRÓ SÃO DUAS DAS ATRAÇÕES DA EXPOSIÇÃO DE MURIAÉ

O cantor sertanejo Israel Novaes e a Banda Bonde do Forró são duas das atrações que animarão a 61ª edição da Exposição de Muriaé. A festa tem inicio na segunda feira dia 5 e termina no dia 11 de setembro. Ale de shows artísticos, com cantores nacionais e bandas regionais, o evento contará também com apresentações gospel e católica, concurso leiteiro com premiação em dinheiro para três categorias, copa de marcha, prova de team penning e eleição da Rainha da Exposição. O Parque Filadélfia é a atração que certamente atrairá a criançada para a diversão e entretenimento.

 

VEJA A PROGRAMAÇÃO:

Dia 5 (segunda feira) Shows de Elaine e Banda, Dueto Cantares, Pastor Hércules, Alyne Aquino e Banda, Keliana Reis e Banda e Banda MP2.

Dia 6 (terça feira) Show da Banda Nova Vibe e da dupla Marcos e Miller.

Dia 7 (quarta feira) Leilão dos produtores rurais (gado leiteiro e de corte) e apresentação da Banda Queima de Arquivo.

Dia 8 (quinta feira) Show de Israel Novaes e da Banda Vigilância Zero.

Dia 9 (sexta feira)  Show de Adriana Arydes e da Banda Zem.

Dia 10 (sábado) Apresentação da Banda do Forró e de Corcel 74.

Dia 11 (domingo) Show da Banda Silas & Rafael e apresentação do Grupo Arte Samba.

VISITEI A EXPOSIÇÃO DESVIO, DE BRUNO BENNEC, EM CARTAZ NO GRANDE HOTEL MURIAHÉ

            A exposição Desvio, de Bruno Bennec, em cartaz desde 21 de julho de 2016, permanece em cartaz até o dia 16 de setembro de 2016, na Galeria Mônica Botelho, no Centro Cultural Dr. Pio Canêdo, na Praça João Pinheiro, centro, em Muriaé. No dia 09 desse mês, estive  no local em visita a exposição desse artista que exibe seu talento também através da fotografia, nas telas expostas na Galeria. Uma oportunidade que o muriaeense tem para visitar, contemplar, conferir e admirar o belíssimo trabalho de Bruno Bennec, que é um artista apaixonado pelo cinema, que fez em parceria com Carlos Scalla seu primeiro curta metragem “Dos Anjos” em 1999.

           O muriaeense Bruno Bennec atuou como ator em filmes e séries de T, como 220 Volts no Multshow com Paulo Gustavo, Insônia no canal Brasil e Gente Lesa no GNT. No cinema fez os filmes Sexo, Amor e Traição, High Scool Musical da Disney, A Cartomante, Isabela, entre outros. No canal Globo Globosat fez a primeira temporada da série infantil Os detetives do Prédio Azul no episódio O Curupira. Benecc é também assistente de direção em cinema, TV e publicidade e entre os trabalhos estão a série Um Menino Muito Maluquinho da TVE, Teca na TV do canal Futura e Quebra Cabeça no GNT. Dirigiu os filmes Crime, Serial, o Guardião e o Aprendiz e a série de TV o Mundo Sem Mulheres para a TV Globo e GNT. Hoje está dirigindo o programa Tô Chegando no canal Brasil e acabou de rodar o curta metragem A Luta, de César Rodrigues, em Muriaé, com a parceria de ex-alunos da escola de teatro.

            Desvio é uma coletânea de fotografias captadas com telefone móvel e impressas em formato que remete às postagens direcionadas a às plataformas móveis. Como o Instagram, revela a jornalista Paula Ferreira. Sob o olhar atento do artista, paisagens urbanas e rurais ganham novos contornos e enquadramentos, resultado de uma conexão intuitiva, de sua relação com o meio ambiente que o cerca. Faça uma visita à Galeria e conheça o trabalho desse talentoso filho de Muriaé, que nos brinda com essa belíssima mostra, no Centro Cultural Dr. Pio Canedo, até o dia 16. A O artista está presente durante a manhã e a tarde recebendo visitantes e turmas agendadas. Agendamentos: (32) 3729 - 1059

 

Fernando M. Ribeiro

EXPOSIÇÃO DO ARTISTA YURE MENDES, NA GALERIA DA FUNDARTE

            A exposição de esculturas em metal do artista Yure Mendes, está em cartaz na Galeria Mônica Botelho, Na Galeria da Fundarte. Com o título “Maria Antonieta – A ultima rainha”, as obras contam a trajetória da controversa rainha da França que foi condenada à morte na guilhotina durante a Revolução Francesa. A mostra permanece em Cartaz até o dia 23 de setembro. A galeria funciona de segunda a sexta feira, de 08:00 às 11:00 e de 13:00 às 19:00 horas. O agendamento de horário para visitas mediadas pode ser feito pelo telefone 3696-3413.

 

NO DIA 24 DE SETEMBRO, SHOW DO PADRE ALESSANDRO CAMPOS EM MURIAÉ

            O padre Alessandro Campos, conhecido como o “Padre Sertanejo do Brasil”, se apresentará no Parque de Exposições de Muriaé, no dia 24 de setembro, a partir das 21:00 horas. Para esta apresentação denominada Show da Vida, os portões serão abertos às 16:00 horas. Os recursos advindos deste show serão destinados à CONVIDA, entidade que realiza importante trabalho de recuperação de dependentes químicos. Os ingressos (do 2º lote)  pista custam  R$ 40,00 (preço promocional). Os ingressos do setor vip, com mesas com quatro cadeiras, custam R$ 430,00  (Setor A) e R$ 350,00  (Setor B). As entradas podem ser adquiridas em todas as secretarias das paróquias de Muriaé, em algumas lojas da cidade e pelo site WWW.blueticket.com.br, que oferece a facilidade de comprar pelo cartão de crédito e ainda possui opção de dividir em até seis vezes.

 

SERGINHO DO VOLEI SE DESPEDE NO MANÉ GARRINCHA, EM BRASÍLIA

Um dos maiores jogadores do vôlei do Brasil, dono de quatro medalhas olímpicas, Serginho se despediu da seleção no dia 04 de setembro, em jogo festivo para 40 mil pessoas no estádio Mané Garrincha, em Brasília – que recebeu uma quadra no meio do gramado. E foi dele a honra de fechar a partida, com um ponto de saque – quebrando a regra que não permite tal feito ao líbero. Tudo com a anuência, é claro, da seleção portuguesa, convidada para a festa, que não esboçou reação ao saque de Serginho e perdeu por 3 sets a 1.

            Ao deixar a quadra, Serginho foi homenageado e agradeceu a todos pela carreira vitoriosa. Além de ser bicampeão olímpico (Atenas 2004 e Rio 2016) ele tem as pratas de Pequim-2008 e Londres-2012. É o brasileiro com mais medalhas olímpicas em esportes coletivos. – Estou feliz demais por tudo que aconteceu na minha vida. Só tenho gratidão ao voleibol. Estou chorando de felicidade, não de tristeza, porque não dá para ser triste com uma camisa dessas – festejou o líbero, de 40 anos. Serginho ainda pretende jogar por seu time, o SESI São Paulo, com o qual tem mais dois anos de contrato. O técnico Bernardinho, que deu a entender que deve permanecer no comando da seleção, elogiou a carreira do jogador: _ Ele ainda vai nos brindar com atuações no clube dele. As imagens que ele deixa são bacanas.

Marcelo Alves - marceloalves@oglobo.com.br

UM BELÍSSIMO ESPETÁCULO A CERIMÔNIA DE ABERTURA DAS PARALIMPÍADAS

            Primeiro foi com a abertura das Olimpíadas, depois com o encerramento dos Jogos, – festas memoráveis que encantou o mundo – agora, o que vimos nesta quarta feira, 07 de setembro, no Maracanã, foi uma cerimônia fantástica, extraordinária, invejável ... E cabem aqui outros tantos adjetivos. Bengalas que viram espadas de luz e um robô que faz par com uma atleta em dança contemporânea surpreendeu e encantou novamente a todos.

            Uma cerimônia leve, alegre, e sem melodramas é o que os torcedores que foram ao estádio do maracanã e os telespectadores viram na Abertura dos Jogos Paralímpicos Rio – 2016. Os organizadores que prometeram um evento sem ênfase na superação dos atletas com deficiência, mais voltado à sua adaptação à vida, cumpriram o objetivo. As deficiências foram todas retratadas: as bengalas dos cegos viraram sobres de luz para dois bailarinos sem visão se exibirem. No bailado da atleta biamputada de snowboard Amy Purdy, um robô, semelhante a um braço mecânico, foi o seu par no belíssimo numero de dança apresentado. E as pernas biônicas da americana só são percebidas quando focalizadas pelas câmeras.

            A festa foi animada por uma roda de samba formada por Maria Rita, Monarco, Pretinho da Serrinha, Xande de Pilares, Diogo Nogueira e Gabrielzinho do Irajá. Seu Jorge, com os clássicos “Acredito na Rapaziada”, de Gonzaguinha e “É preciso saber viver”, de Roberto e Erasmo Carlos, encerraram a abertura dos Jogos Paralímpicos. A celebração começou com muito humor: Marcelo Rubens Paiva, escritor e um dos diretores criativos da cerimônia, já no aquecimento do público, fez várias brincadeiras, e pediu que os torcedores não vaiem a delegação dos atletas argentinos.

PARA O ELEITOR TIRAR DÚVIDAS

Voto em Branco vai para algum Candidato?

Não. Ao votar em branco, o eleitor declara que não quer eleger nenhum dos candidatos e não é considerado um voto válido, ou seja, não entrará na contagem dos resultados das eleições e portanto também não irá para nenhum candidato.

Esta dúvida ainda persiste em razão da votação por cédulas, anterior à urna eletrônica. Como o voto em branco se dava quando o eleitor não assinalava o voto para nenhum candidato, havia a possibilidade de outra pessoa assinalar o voto para qualquer candidato. Mas com a urna eletrônica este tipo de fraude torna-se impossível.

 

Diferenças entre Voto Nulo e Voto em Branco

Antes de tudo, o eleitor precisa saber que tanto o voto nulo quanto o branco não são válidos, isto é, não entram para a apuração dos resultados das eleições. Eles também não vão para o candidato que está ganhando, na realidade não são transferidos para nenhum candidato.

 

Voto nulo

É um tipo de manifestação do eleitor para anular o seu voto, não é considerado um voto válido e serve apenas para fins estatísticos. Como não é computado, o voto nulo não vai para nenhum candidato.

Não existe um botão específico na urna eletrônica para votar nulo, para isso o eleitor precisa inserir um número de candidato que não existe, como “00” e apertar a tecla “Confirma”.

Para saber mais leia o artigo Como Votar Nulo.

Voto em branco

Apesar de também não ser um voto válido, o voto em branco indica que o eleitor não aprova nenhum dos candidatos. Também não é usado na contagem dos resultados da eleição e não será transferido para qualquer candidato.

Para votar em branco na urna eletrônica o eleitor deve apertar na tecla “Branco” e depois na tecla “Confirma”.

Mais de 50% de voto nulo ou branco anula a eleição?

Não. Os votos nulos ou brancos não entram no cálculo dos resultados das eleições, pois não são considerados válidos. A eleição só será anulada caso o candidato vencedor, aquele que receber mais de 50% dos votos válidos, for cassado após o resultado da eleição. Diante disso, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) marcará uma nova eleição em um intervalo de 20 a 40 dias.

Os votos em branco ou nulo vão para o candidato que está ganhando?

Não. Apenas os votos válidos são destinados aos candidatos, como o voto em branco ou nulo não são válidos, não são transferidos para nenhum candidato.

 

O que Pode e o que Não Pode no dia da eleição

Além do exercício do voto, o dia da eleição é marcado por uma série de regras e restrições que devem ser cumpridas por todos os eleitores. É preciso ter atenção à todas proibições eleitorais, pois a violação de algumas delas podem levar ao pagamento de multa ou à detenção de 6 meses a um ano, como a boca de urna ou distribuição de santinhos.

O que pode fazer no dia da eleição

  • A demonstração individual e silenciosa da preferência do eleitor com o uso debandeiras, broches (bottons), adesivose dísticos do candidato ou partido.

  • O uso decamisa e bonépode ser permitido de formaindividual e silenciosaquando confeccionado pelo eleitor, mas se houver uma concentração de pessoas trajando camisas, bonés ou outras peças publicitárias do candidato ou partido pode ser identificado como propaganda eleitoral por manifestação coletiva, o que é crime eleitoral.

  • Levar uma “cola” com os números dos candidatos para a urna de votação.

O que não pode no dia da eleição

  • A utilização de alto-falantes ou amplificadores de som, e a realização de comícios ou carreatas, sob o risco de ser punido segundo o art. 39, §5º da Lei 9.504/97.

  • Oferecer gratuitamente alimentos ou transporte de eleitores, sob pena relacionada ao art. 302 do Código Eleitoral, caso o infrator seja um candidato, pode ser punido também através do art. 41-A da Lei 9.504/97.

  • A realização de boca de urna, tentativa de convencer outro eleitor a votar em determinado candidato, penalizada de acordo com o art. 39, §5º da Lei 9.504/97.

  • A distribuição de qualquer tipo de propaganda eleitoral, como santinhos ou panfletos, punível através do art. 39, §5º da Lei 9.504/97.

  • Impedir ou fraudar o exercício do voto dos eleitores, de qualquer forma, sob pena segundo o Art. 302 do Código Eleitoral.

O uso de celular, máquina fotográficas, filmadoras, ou qualquer outro dispositivo que comprometa o sigilo do voto.

DADOS ELEITORAIS

* A população do município de Barão de Monte Alto é de 5.706 habitantes. (o site de Barão registra 5.727 hab. De acordo com o senso do IBGE-2010)

* O número de eleitores do município é 5.562 aptos a votar.

* Um total de 44 candidatos estarão concorrendo a uma vaga na Câmara dos Vereadores.

* A Câmara Municipal de Barão do Monte Alto é composta de 09 vereadores.

Fonte: wwweleicoes2016.com.br

FAZER ESCOLHAS É MAIS QUE DIZER NÃO

            Quem não escapou das vaias foi o presidente Michel Temer, que mal abriu a boca para seu pronunciamento, ouviu um maracanã de vozes a gritar: Fora Temer! E pasmem vocês, que a Dona Globo mostrou isso. Terá o PT, pago cachê para um maracanã de pessoas entoarem o “Fora Temer”?, indagação feita no salão de Barbeiro no Top Center, onde aguardava para cortar o cabelo. Será o desejo do povo expresso dessa forma e em diversas manifestações em que manifestantes exigem o mesmo? “É sim, pode saber que é o Lula que pagou toda essa gente para gritar! Esperem que o Temer vai calar a boca de muita gente”!, respondeu um senhor já sentado na cadeira do barbeiro. O Barbeiro, com a navalha na mão, manteve-se impassível!  Penso que todos tem liberdade de se expressarem, de manifestarem seus pensamentos, mas o mais prudente é mesmo esperar!

            Mas, falando de liberdade, pensei na liberdade de independência, na liberdade de mudar de opinião e de atitude, na liberdade de adaptar-se a uma nova realidade – caso dos atletas paralímpicos – a liberdade de escolha por exemplo, que chega até nós pelo controle dos nossos pensamentos. Isto é o que vai determinar o nosso destino, através das grandes escolhas e o nosso dia a dia na tomada de decisões menores, diárias. Fazer a escolha é mais do que dizer não a alguém que o convida para fazer algo desaconselhável. Na verdade é dizer sim para o certo, é dizer sim para as possibilidades de ser feliz, de ter atitudes saudáveis e produtivas. O autocontrole é que dá a liberdade de fazer boas escolhas.

            A liberdade de mudar é maior que o desejo de mudar. Às vezes brecamos esse desejo acreditando em coisas que nos limitam do tipo “eu não gosto”, “eu não consigo”, “eu não faço nem na minha casa”, “não é minha função”, “não fui contratado para isso”! Muitas pessoas se sentem presas as suas vidas, reclamando, cheias de dúvidas, e não conseguem mudar. “A liberdade de mudar é permissão para ficar em seu próprio caminho. É permissão para fazer o que precisa ser feito a fim de tornar a sua vida aquilo que ela gostaria que ela fosse”. A liberdade de mudar é liberdade de crescer.

ATÉ BREVE. LOGO ESTAREMOS DE VOLTA!

Ao concluir esta matéria, tenho conhecimento de que nossos atletas paralímpicos já conquistaram medalhas para o Brasil. Disso falaremos depois. Já que, de malas prontas, viajaremos – Conceição e eu – daqui a pouco para o Rio e, no aeroporto do Galeão tomaremos um avião com destino a Alagoas (Maceió) iremos também a Porto de Galinhas, Recife e Olinda (Pernambuco). Um passeio de dez dias com alguns amigos e, logo estaremos de volta. Até breve! A gente se encontra aqui, no portalnovotempo.com

Fernando M. Ribeiro