Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle

January 22, 2020

Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

NO DOMINGO DA PÁSCOA DO SENHOR

March 27, 2016

NO DOMINGO DA PÁSCOA: PROCISSÃO DA RESSURREIÇÃO E MISA NA MATRIZ

 

            Celebramos no domingo, às 06:00 h, da manhã a Festa da Ressurreição com a Procissão que desceu a rua Luiz Soares Dias, contornou a Praça Olavo Carlos dos Santos e passando pela rua Alves Pequeno, retornou à Matriz, onde Padre Wendel celebrou a Santa Missa. Com mais uma linda celebração, padre Wendel Quintino da Silva encerrou a Semana Santa na Matriz de São Sebastião de Cachoeira Alegre. A Festa da Páscoa, é a mais importante de todo o ano litúrgico. É a Festa da Luz: o Senhor ressuscitado nos ilumina, coloca imensa alegria em nosso coração, uma imensa esperança e o transborda de amor. Fomos todos recriados pela ressurreição de Cristo. A vida nova renasceu, as portas da eternidade se abriram para nós. Ele é nossa certeza indestrutível. Cristo está vivo e presente no meio de nós.

           

ME REFIRO A CACHOEIRA COMO CIDADE.... DISSE O PADRE

Padre Wendel se despediu da comunidade dizendo que leva um pouco de Cachoeira Alegre consigo e que já faz plano para retornar. Agradeceu o carinho da recepção, a atenção a ele dispensada, assim como a seus pais, que também estiveram aqui nesses dias. Disse que saboreou frutas e doces que recebeu na casa Paroquial e, que estava com saudades dos doces e queijos de Minas. Ele recebeu, ao final da celebração, mais doces, chocolates e outros objetos que levará com ele. O Grupo Jovem prestou-lhe uma homenagem exibindo um vídeo com cenas do querido sacerdote celebrando aqui, ao longo desses dias. Vídeo que ele levará como lembrança. Depois da bênção final, o padre disse que estaria na porta da Matriz para se despedir da comunidade e, uma longa fila se formou para abraçá-lo.

            Com os nossos padres, aprendemos sempre. Com padre Wendel não foi diferente; ele falou para os jovens, adultos e crianças. Exortou-nos a exercitar a humildade onde quer que seja, mas principalmente nas pastorais onde atuamos. Denunciou o espírito de competição, somos Igreja e não clubes de futebol onde se compete, disse ele! Não foi indiferente às drogas, à violência e à frieza de muitos, que sequer, saíram de suas casas para acompanhar uma procissão e, de outros que não viveram a espiritualidade desses dias, preferindo os bares, o som automotivo com músicas pornográficas, outros que se sentaram nas calçadas “para ver a Procissão passar”.

Dentre as muitas virtudes do padre, destacamos a pontualidade nas celebrações, o seu zelo pela Casa de Deus.      PADRE WENDEL DISSE QUE QUER VOLTAR        

           Sem pompa, mas com gosto. Sua organização, sua disponibilidade em fazer dezenas de visitas em tão poucos dias; seja na área urbana, seja na área rural. Sua postura diante das dificuldades enfrentadas e sua alegria ao vê-las superadas. O colocar-se à serviço do confessionário, atendendo até nove horas de confissão. Os “puxões de orelha dados na comunidade” ainda que ditos no presbitérios, mas com veracidade, com sinceridade de coração, com amor, com respeito, com o desejo de ajudar de fato. O padre sabe cobrar, mas também reconhece nossas virtudes, tanto que confessou que pretende retornar à Paróquia ainda este ano.

           Disse que foi sua a opção de celebrar toda a semana santa em Cachoeira, que pela população “da cidade”, pelo número de pessoas que viu nas ruas, - Cachoeira tem bairros: o São Tomé e o Bela Vista -  poderia ter mais pessoas na Igreja, mas que estava satisfeito com a freqüência. Cachoeira não é uma cidade, a sede do município é Barão. Cachoeira é um distrito, eu disse a ele. “Já celebrei em lugares menores que aqui e que são cidades. Por isso é que me refiro a Cachoeira Alegre  sempre como cidade”, disse ele. Quero voltar! Não posso antecipar, mas já conversei com Padre João Pedro e talvez eu retorne em Maio com outros pregadores para desenvolver mais um trabalho.

         O Padre almoçou com seus pais na casa Paroquial e foi com eles até Ubá. O senhor Jair e senhora Maria da Penha residem em Ubá e era um jeito de eles estarem juntos por mais algumas horas, já que ele retornará breve para São Paulo, onde ele reside e está a sede de sua Congregação.

Fernando M. Ribeiro

 

DAS TREVAS DA MORTE SURGE A LUZ DA RESSURREIÇÃO. FELIZ PÁSCOA!

            É Jesus que vem Vitorioso, vencendo a morte, o pecado e todo o mal, ganhando para todos nós a Vida Eterna! Aleluia! Louvado seja Deus! É Páscoa!Uma mudança radical então acontece! A situação se transforma! Assim também são transformadas as vidas dos discípulos, de Maria Madalena, e as lágrimas de Maria, a Mãe de Jesus, tornam-se um sorriso e um canto de louvor e agradecimento ao Senhor, que sempre faz maravilhas...

            Maria Madalena é a primeira a ver Jesus ressuscitado. Ela, que antes procurava um Jesus morto, agora vê o Senhor Glorioso, que a envia para que conte aos outros o que tinha visto. Que mudança, que alegria ela deve ter sentido em seu coração que estava tão desanimado. Nesse encontro pessoal, Jesus devolve-lhe o ânimo e ela corre para devolver a Boa Nova aos outros...

            Pedro e João são os primeiros a saber. Correm para o sepulcro. Já não encontram mais Jesus. Ele ressuscitou. Ele está vivo. Ele vive! Mais tarde, aparecendo aos discípulos, preenche-lhes os corações com muita paz e alegria. Uma verdadeira transformação também acontece na vida daqueles homens. A dúvida, o medo e o remorso desaparecem de seus corações, pois Jesus, que antes parecia um “perdedor” é agora vitorioso... Eu não tenho dúvida e a Tradição da Igreja também confirma que Jesus Ressuscitado apareceu à sua Santa Mãe ela sempre acreditou que a vitória viria. Jesus a consolou e a abraçou como um Filho abraça a uma Mãe, com todo amor, e ela também, com os outros, tem uma profunda experiência de Ressurreição.

            Nós católicos, acreditamos na ressurreição de Jesus Cristo. Acreditamos que há uma passagem pela morte para chegarmos à vida eterna. E como a vida eterna começa já aqui, é possível que você, que eu, que todos nós tenhamos também uma  experiência profunda da Ressurreição hoje mesmo, assim como os discípulos, Maria Madalena e Maria, a Mãe de Jesus, tiveram. Sim, é possível.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags