Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

DIEGO HYPÓLITO VOLTA AO TOPO DO PÓDIO

April 8, 2016

DIEGO HYPÓLITO CONQUISTANDO SEU 15º OURO

           

                Após sete anos e jejum, irmão mais novo da família Hypólito, o colecionador de ouro, volta ao topo do pódio de uma etapa da Copa do Mundo com apresentação digna de medalha nos Jogos.

Doha – Bicampeão mundial, o ginasta Diego Hypólito, conquistou, ontem, a sua 15ª medalha de ouro em etapas de Copa do Mundo, ao sagrar-se campeão no solo em Doha. A última vez que ele havia subido no topo do pódio desse circuito foi em 2009, em Osijek, na Croácia. Para quebrar este jejum de quase sete anos, Diogo anotou na final 15,175 pontos. O esloveno Rok Klavora (15,000) e o britânico Sam Oldham (14,925) completaram o pódio.

            Ainda neste primeiro dia de competição em Doha, o Brasil chegou à segunda medalha com a prata de Rebeca Andrade, nas barras assimétricas. O ouro aqui não era tão importante para mim quanto fazer uma boa série. Foi bom, mas preciso ficar mais limpo para as Olimpíadas. Tenho mais uma Copa do Mundo em Cottbus (Alemanha) e tenho que treinar mais – informou Diego, que chegou a dar um passo fora do tablado ao fim da ultima série.

             De olho no rio 2016, Diego sabe que pode ter um desempenho melhor. Nas eliminatórias em Doha, ele havia feito 15,400 pontos, uma nota superior a que ele fez na final e que o deixa com chances reais de um pódio olímpico – algo inédito em sua carreira – em terras cariocas.

                “Esse não é um aparelho que o Brasil tem tradição, então poder estar mudando esta história é mito bom. Eu gostei da minha participação e espero que as pessoas também tenham gostado. Tenho trabalhado também a parte emocional com minha psicóloga, com meus treinadores e com minhas colegas de seleção”, disse Rebeca. A medalha foi muito importante para devolver confiança a Rebeca, que no ano passado teve uma grande lesão no joelho.

Fonte: Caderno de Esportes de O Globo.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags