Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

EDITORAL:

September 1, 2016

 

PARA SER UM VERDADEIRO OTIMISTA É PRECISO SER AUTÊNTICO

             Sou de opinião de que não devemos chorar o passado, temos que viver o presente e preparar o futuro através de um grande investimento na área da educação, cultura, pesquisa científica e tecnológica. Temos que mudar o panorama político brasileiro, assim, mudaremos o panorama econômico, social e cultural. Tenho esperança de um Brasil renovado e democratizado, principalmente através dos jovens e das mulheres. Vejo o Brasil atualmente com sequelas de um regime autoritário, de uma ditadura que durou vinte anos. Para se fazer uma análise do problema brasileiro no momento, é necessário entender que estamos vivendo um período que após o regime militar e o golpe de 64 – há quem fale de golpe novamente e há quem defenda o impeachment da presidente Dilma - desorganizou o Brasil, assim como todo o regime ditatorial.

            Isso é lamentável, a falta de cultura política no País, leva a determinados governantes, que não têm certo embasamento de conhecimento da realidade brasileira, um problema polido socialmente e mesmo econômico com análises meio superficiais. Considero a educação prioritária, mas infelizmente a educação não é o forte desse País. É lamentável também professores terem que fazer greves para obterem míseros aumentos. É inaceitável, homens que tenham passado por salas de aula, que tenham dependido de Professores que lhes dessem o saber, entrem para a política e menosprezem tanto esses trabalhadores.

            Apesar de todas essas dificuldades, sou um otimista e penso que o Brasil é um dos países que tem mais possibilidades no mundo, hoje, devido às suas riquezas naturais, bacia hidrográfica e possibilidades de aproveitamento do solo. Há grandes atrasos em algumas áreas, mas o Brasil é viável! Só que, para ser um verdadeiro otimista, não basta acreditar; é preciso otimizar os próprios recursos e investir com fé na vida. Para ser um verdadeiro otimista não basta ter esperança; é preciso partir empunhando a lança contra os mesquinhos moinhos da vida. Para ser um verdadeiro otimista, não basta produzir riquezas; é preciso ter a certeza de que a felicidade não se limita a isto.

 SOU UM OTIMISTA           

            Ah, para ser um verdadeiro otimista é preciso ser autêntico e acreditar de verdade na beleza e na vida. As eleições de 2016 aí estão, está na hora de escolhermos as pessoas em quem acreditamos e depositarmos o nosso voto de confiança em suas mãos. Mais do que nunca a sociedade precisa dos verdadeiros otimistas, dos que, conscientes do valor do voto, não se deixam corromper e se engajam na luta por um futuro melhor. Consciência, eleitor! Não venda seu voto. Voto não tem preço, tem conseqüências.

            Celebramos no dia 07 de setembro a “Independência do Brasil”. Há exatos 194 anos o país comemorava um dos momentos mais importantes de sua história a independência do Brasil. Quase dois séculos depois a data é lembrada com as tradicionais solenidades cívicas que acontecem em todo o Brasil. Veja nesta edição o desfile cívico de Muriaé. A campanha eleitoral está aí com seus carros de som a berrarem nos nossos ouvidos – felizmente o tempo de propaganda político foi reduzido – e logo teremos as eleições, que marcarão os destinos do nosso município para os próximos quatro anos. Leia a coluna Catequese e Política e descubra um pouquinho mais sobre nosso dever do voto: Celebrar o dia da Pátria e eleger os nossos governantes mexem profundamente com nossa fé, esperança e caridade, pois as coisas podem e devem ser mudadas a partir de cada um, da nossa casa, de nossa paróquia, de nosso município.

            Setembro é também o mês da Bíblia. Que bom seria, se a Bíblia fosse presença real e palpitante em todas as famílias. Veja o que nos diz padre Roque Schneider na matéria “Tiremos a Bíblia da estante, das bibliotecas”.

O Editor

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags