Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

AS OBRAS SE ARRASTAM NA ADMINISTRAÇÃO DO PREFEITO BIJU

 

 

 

OBRAS NO BAIRRO SÃO TOMÉ, EM ANDAMENTO

                     A Prefeitura está realizando obras necessárias, que há muito seus moradores reivindicam e, por isso mesmo – por atender os anseios do povo, oferecendo aos moradores mais conforto - importantes para a qualidade de vida de todos, já que estão sendo construídas obras de saneamento básico como rede de esgoto sanitário, galeria de águas pluviais, colocação de meios-fios e na seqüência, virá o calçamento das ruas, segundo relato do encarregado de obras do Município. Os moradores estão felizes com a presença de funcionários da empresa encarregada de efetuar essas obras. “A movimentação das máquinas a abrirem valas, a colocação das manilhas ao longo de todas essas ruas, é a certeza de que as obras se estenderão por todo o bairro e todos serão beneficiados”, disse um morador. (matéria do portal Novo Tempo, de maio de 2016)

          Assim se passaram os meses e novamente estamos em maio; um ano se passou. Essa matéria foi veiculada na edição de Maio de 2016, quando a equipe do Portal Novo Tempo esteve no local fotografando, entrevistando moradores, registrando o início das obras, como o relato acima. Um ano se passou e as obras continuam... Há quem diga que elas se arrastam... Terá havido interrupção dos serviços no período da campanha eleitoral? “Há de fato a dificuldade de conseguir liberação de verbas em virtude das dificuldades que o país está enfrentando com o rombo estratosférico comandado pelos “nossos” políticos, que vem sendo revelados com as investigações da Lava-jato e as delações premiadas de empresários, banqueiros, políticos e toda corja de corruptos e corruptores que transformou o Brasil nesse mar de lamas”.

          É voz corrente em qualquer conversa que se tem a respeito de obras públicas em qualquer esfera governamental; seja ela municipal, estadual ou federal a ineficácia dos três poderes. É inegável a estagnação que vivemos, que afeta a economia e isso se reflete em todos os setores, em todos os ministérios. Muito se fala em reformas políticas, reforma da previdência, reforma das Leis trabalhistas e outras, para colocar o país nos trilhos do desenvolvimento e retomar o caminho do crescimento. Contudo, não vimos ainda melhora significativa na economia, a educação está realizando paralisações para ver atendidas as suas reivindicações, sindicatos fazem greves para assegurarem os seus direitos, a saúde está doente com hospitais superlotados e sem remédios nos postos. O Brasil mais parece um trem desgovernado, prestes a descarrilar e não há meio de seu condutor colocá-lo nos trilhos.

         A violência campeia em todo o país de uma ou de outra forma; ou seja; com os detentos tocando terror nos presídios e os bandidos em liberdade ateando fogo em ônibus, apedrejando lojas e, a polícia nas ruas, despreparada e sem o aparato necessário para combater, responde com as mesmas armas de sempre: a violência. Os “lobos do poder” continuam aprontando suas festinhas, fazendo política para beneficiarem-se, olhando para o próprio umbigo e mandando o povo se arrebentar de trabalhar para tentar aposentar-se com 65 anos. Mandam o povo trabalhar, enquanto eles se mantêm “deitados eternamente em berço esplêndido” mas a verdade é que não tem trabalho para o povo. “O trabalhador está igual a um cão vadio virando latões de lixo, batendo de porta em porta a procura de serviço”, disse um desesperado pai de família, um dia desses num desses jornais da TV. Esse é o retrato do nosso país!

        Diante desse quadro, pode-se dizer que o município, de um jeito ou de outro está caminhando. Sou um crítico contumaz da morosidade do prefeito em relação às obras. É obvio, que como eu, você também esperava mais, você quer mais e por isso é que se faz críticas veemente à administração publica. Porém, quando vemos que há municípios que não estão sequer honrando com o pagamento de salários dos funcionários, e que nenhuma obra está sendo efetuada; acreditamos que a situação do nosso município é menos pior. Pois, ainda que lentamente, ainda que se arrastando, algumas as obras seguem e a tendência é que um dia elas sejam concluídas. Sabe-se lá quando, mas acredito que serão.

         Contudo, não deixa de nos causar espanto que, de todas as obras iniciadas pela atual administração, nenhuma delas foi concluída totalmente. Basta dar um giro pelo município e constatar o que agora digo. O colégio em Barão de Monte Alto, o Posto de Saúde na Vila Vardiero e todas as obras alardeadas pelo governo em seu primeiro mandato estão inacabadas. Observe que o ano de 2017 avança para a metade e tudo permanece no mesmo marasmo de sempre. Não me veja como o “dono da verdade”, mesmo porque não me arvoro em sê-lo, apenas relato os fatos, nem acredite piamente em mim, também não sou um crítico irresponsável. Sou crítico ferrenho sim, mas, todas elas tem fundamento. Mas como eu dizia: não creias cegamente no que digo ou escrevo; creia em você mesmo. Dê uma olhada nas placas que foram fixadas marcando o início e o termino de cada uma das obras e vais constatar a veracidade dos fatos.

Fernando M. Ribeiro

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags