Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

87 ANOS DE DONA ZULEICA, COMEMORADOS NA AVENIDA FEST

 

 

 

ENVELHECER: A ARTE DE VIVER E NÃO DE SOBREVIVER

          O aumento da expectativa de vida é hoje uma realidade. Por isso, envelhecer bem e com saúde é resultado de investimento em cuidados e hábitos saudáveis de médio e longo prazo. Boa alimentação, exercícios físicos regulares, lazer, relacionamentos saudáveis, boa leitura, cuidados básicos de saúde, tratamento de doenças degenerativas que podem ser controladas como diabetes e hipertensão, são atitudes que com certeza promoverão um envelhecimento com melhor qualidade de vida. Nunca esquecer de sonhar e ter sempre novos objetivos que nos façam desejar acordar para realizá-los, com certeza nos fará sentir mais vivos.

         Nunca é tarde demais para começar. Sempre haverá tempo, disse para mim mesmo que sou um tanto descuidado nesse aspecto. Olhando para os meus pais, pensei: Ele com 94 anos. Ela com 87 anos completados hoje. Nenhum dos dois tiveram tempo para aterem-se a essas recomendações, par se permitirem todos esses cuidados. Alguns, sim, foram observados. Outros não. Foram atropelados pelo tempo ou pela falta dele e a vida seguiu da forma que deu. Tê-los hoje, conosco, lúcidos, superando as dores do mundo, as dificuldades, vencendo obstáculos e fazendo projetos, é deveras, uma bênção de Deus. Uma graça que todos os dia agradeço ao Criador.

      Com palavras dificilmente se conseguiria expressar a alegria que sentimos quando nos reunimos para celebrar o dom da vida. E toda celebração de nossa família, passa primeiro pela Igreja – foi assim que eles nos ensinaram – e esse encontro se deu primeiro na Matriz de Nossa Senhora do Sagrado Coração, no bairro Dornelas, onde minha mãe, ao lado de meu pai, participou da Santa Missa com a presença de todos os filhos e filhas, genros e noras, netos e netas e alguns amigos.

        Era noite quando a festa começou. Às 19:30h, do dia 23 de maio de 2017 e, ao traçar o sinal da cruz, lembramo-nos que é Cristo que nos acena, para nos mostrar o caminho, para nos indicar como dialogar com Ele, para que façamos desse momento uma oportunidade de reflexão, de diálogo, de um encontro definitivo. Assim nós vemos que, na caminhada pela vida, temos sempre um rumo a seguir, uma verdade para ensinar e um ideal para transmitir.

      Após a comunhão eu disse a Jesus da alegria que é ter essa criatura – Zuleica – como Mãe. Agradeci por ter sido gerado no ventre dessa mulher e, dessa forma me fizeste seu filho. Na seqüência as crianças subiram ao altar para coroar a Mãe de Jesus e nossa Mãe, numa singela homenagem. Nos tornamos pequeninos, e com um entusiasmo de crianças,  nossos corações de filhos de Maria, também cantaram com os anjinhos: “ O mamãezinha querida és a esposa de José,/ que chorou aos pés da cruz e que sorriu em Nazaré, /Sei que sou muito pequeno mas meu coração já sabe amar,/ Venho com muito carinho trazer essa coroa pra te ofertar”!

         Ao final da celebração todos seguiram para uma casa de festas, a AVENIDA FEST, onde havia uma mesa com os deliciosos caldos. A aniversariante foi recebida e surpreendida – fora uma festa surpresa - no local com o lindo bolo e o canto de Parabéns pra você.  Seguiram-se o corte do bolo, os abraços, as homenagens, as fotos e a confraternização de sempre que a família se reúne. Parabéns Dona Zuleica!

Fernando M. Ribeiro

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags