Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

ANJOS DE DEUS

                                                 A MISSÃO DOS ANJOS

            O famoso Bossuet dizia que “Os anjos oferecem a Deus as nossas esmolas, recolhem até os nossos desejos, fazem valer também diante de Deus os nossos pensamentos... Sejamos felizes de ter amigos tão prestativos, intercessores tão fiéis, intérpretes tão caridosos”. “Não são todos os anjos espíritos ao serviço de Deus, que lês confia missões para o bem daqueles que devem herdar a salvação?” (Hb 1,14).

       Os anjos estão presentes na história da humanidade desde a criação do mundo;, são eles que fecham o paraíso terrestre. (Gn 3,24); protegem Lot (Gen 19); salvam Agar e seu filho Gen 1,17); seguram a mão de Abraão para não imolar Isac (Gen 22,11; a Lei é comunicada a Moisés e ao povo por ministério deles (At 7, 53); são eles que conduzem o povo de Deus (Ex 23, 20-23); eles anunciam nascimentos célebres (Jz 6,11-24; Is 6,6); são eles que assistem os profetas (1 Rs 19,5).

            Nos Evangelhos, eles aparecem na infância de Jesus, nas tentações do deserto, na consolação do Getsêmani, são testemunhas da Ressurreição do Senhor, assistem a Igreja que nascem os apóstolos. E prepararão o Juízo final e separarão os bons dos maus. Toda vida de Jesus foi cercada da adoração e do serviço dos anjos. Desde a Encarnação até a Ascensão eles O acompanharam. A Sagrada Escritura diz que quando Deus “introduziu” o primogênito no mundo, ordenou: “Adorem-no todos os anjos de Deus” (Hb 1,6). Alguns teólogos acham que isso motivou a queda dos anjos maus, por não aceitarem adorar Deus Encarnado na forma humana.

            Até hoje a Igreja continua a repetir o canto de louvor que eles entoaram, quando Jesus nasceu: “Glória a Deus no mais alto dos céus e na terra paz aos homens, objetos da benevolência divina” (Lc 2,14). São eles que protegem Jesus na infância (Mt 1,20; 2,13.19); são eles que servem Jesus no deserto (Mc 1,12); o reconfortaram na agonia mortal (Lc 22,43); eles O poderiam salvar das mãos dos malfeitores se assim Jesus quisesse (Mt 23,53).

       Da mesma forma que os anjos acompanharam a vida de Jesus, acompanharam também a vida da Igreja, e a beneficiam com a sua ajuda poderosa e misteriosa (At 5,18-20; 8,26-29; 10, 3-8; 12, 6-11; 27, 23-225). Eles abrem as portas da prisão (At 5,19), encorajam Paulo (At, 27,23s), levam Felipe ao carro do etíope (at 8,26s) etc.

(No próximo capítulo falaremos da hierarquia dos anjos, dos Serafins, Querubins, Tronos, Dominações, Potestades, Principados etc)

(Das Homilias sobre os Evangelhos de São Gregório Magno, Papa)

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags