Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

SOLENIDADE DE PENTECOSTES NA MATRIZ SÃO SEBASTIÃO

      Começamos o mês de junho com a solenidade de Pentecostes. Exatos 50 dias após a Páscoa, festejamos a vinda do Espírito Santo sobre a Terra. Conforme prometido por Jesus Cristo, Ele nos enviou o dom do Pai, o Espírito Santo que nos ensina a seguir os ensinamentos de Cristo.

     Na Missa solene de sábado, Vigília de Pentecostes, na Matriz São Paulo, padre Átila nos disse em sua homilia que, “a Festa de Pentecostes vem coroar o tempo Pascal. Assim como os 40 dias da quaresma é coroado com a Semana Santa, assim como o período do Advento é coroado com o Natal – nascimento de Jesus – o período da Páscoa se encerra com a solenidade de Pentecoste”. Uma festa belíssima da Igreja que é a recordação da solidariedade divina. Deus derrama seu amor em nossos corações por seu Espírito, fazendo-se presente de modo misterioso na vida de todas as pessoas.

     É o Espírito Santo que instrui e anima a caminhada dos cristãos em meio às tensões e aos desafios do mundo. Nessa solenidade somos chamados a respeitar e reconhecer a diversidade cultural e religiosa como dons preciosos de Deus para a humanidade.

     Na Matriz São Sebastião, em Cachoeira Alegre, Padre João Pedro celebrou com a comunidade as 09h, de domingo. “Celebramos jubilosos a grande festa da Igreja: a vinda do Espírito Santo sobre os apóstolos! Cristo cumpriu a promessa de enviar, de junto do Pai, o Paráclito, o Amor que nos santifica e faz novas todas as coisas. É o Espírito Santo que conduz a Igreja e cada um de nós à santidade. Nasçam, pois, de nossa vida, gestos de amor que transformam e libertam, que socorrem e se fazem solidários”. Ao concluir sua homilia, nosso pároco apagou o Círio Pascal, encerrando esse ciclo exortando-nos a ser luz na vida do próximo.

     “O Advogado que eu mandarei para vocês de junto do Pai, é o Espírito da Verdade que procede do Pai. Quando ele vier, dará testemunho de mim. Vocês também testemunho de mim, porque vocês estão comigo desde o começo”. (Jo 15, 25-27)

     Como podemos observar por esta passagem do Evangelho, o Espírito Santo Paráclito foi uma promessa de Jesus. O próprio Jesus em sua vida terrena tinha preparado os Onze para a missão, aparecendo-lhes várias vezes depois da sua ressurreição. Mas, eles ainda não haviam saído em missão, precisavam da força do Espírito Santo. Por isso, obedientes à ordem dada por Jesus antes da ascensão ao Céu, para que “não se afastassem de Jerusalém, mas que aguardassem que se cumprisse a promessa do Pai”; os Onze, juntamente com Maria, reuniram-se em oração no Cenáculo preparando e aguardando o cumprimento da promessa.

Fernando M. Ribeiro

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags