Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

VAMOS PULAR A FOGUEIRA E DANÇAR QUADRILHA. VIVA SÃO JOÃO!

SÃO JOÃO BATISTA: SEU NASCIMENTO FOI ANUNCIADO POR SÃO GABRIEL

     Hoje é dia de São João, o céu fica todo estrelado, fica todo iluminado, enfeitado de balão... Soltar balão é coisa do passado. Ou pelo menos deveria, já que a prática é crime, pois coloca em risco a vida de muita gente, provoca grandes incêndios, prejudica a aviação e trás tantos outros danos à população. Pena que muita gente desconhece ou finge desconhecer os riscos, as causas, as conseqüências e, continuam a soltar balões.

     Bom seria se todos tomassem consciência do quão prejudicial é. Dos riscos que podem causar. Independentemente se a prática proporciona um belo espetáculo nos céus do Brasil, as conseqüências podem ser catastróficas. Por isso, nos do Portal Novo Tempo fazemos um apelo para que brinquem as festas juninas, curtam a fogueira, a quadrilha, experimentem das comidas típicas, se divirtam, mas, não soltem balões e nem estimulem sua prática.

     Iniciei o parágrafo acima com um trecho de uma tradicional música junina que diz ainda: “Quando eu era pequenino de pé no chão, eu comprava papelzinho pra fazer balão, o balão ia subindo na imensidão, acordai, acordai, acordai São João”. Músicas ingênuas, musicas alegres e ainda executadas nas festas juninas, mas, que contém uma mensagem contraditória para os dias de hoje. Portanto, vamos acender a fogueira da responsabilidade com o planeta e não soltar balões. Contudo, não esqueçamos nossas tradições de povo festeiro. Seja em Campina Grande na Paraíba, seja em Caruarú, seja em Pernambuco, Ceará ou Cachoeira Alegre de nossa Minas Gerais, vamos curtir as festas juninas, as festas julhinas com muita alegria.

     Dizem que hoje é a noite mais longa e mais fria do ano. Ponha pois, seu agasalho e se divirta com a infinidade de atrações que as festas juninas nos oferece nesse amplo calendário que se estende até ao final de julho. Vamos conhecer um pouquinho sobre o homenageado de hoje, o nosso querido João. O São João Batista:

  Fernando M. Ribeiro    

 

SÃO JOÃO BATISTA: SEU NASCIMENTO FOI ANUNCIADO POR SÃO GABRIEL

     O nascimento de São João Batista foi anunciado pelo Arcanjo Gabriel ao velho Zacarias, seu pai, e à jovem Maria de Nazaré, Mãe de Jesus. Este destaque é mais que suficiente para saber que estamos diante de uma pessoa extraordinária, que deixou registrada, em sua vida, a grandeza de uma resposta a uma vocação fora do comum: a de preparar o ambiente humano para acolher o Salvador Jesus.

     João enfrenta o silencio e a solidão do deserto, alimenta-se e veste-se muito pobremente, dialoga e medita a respeito dos valores da vida e lança seu grito ao mundo: “Convertei-vos e aplainai as veredas... Jesus vive entre nós... Seu Evangelho vai ser de ensinamentos, acompanhados por sinais extraordinários... Fazei penitência”! Sua voz ressoa pela região da Palestina, as pessoas começam a procurá-lo e, ele já não está mais sozinho. Os primeiros discípulos recebem o batismo de conversão. E o próprio Jesus recebe o batismo, por suas mãos, nas águas do rio Jordão.

     A missão do “Precursor” de Jesus não termina. Ele sabe que quem vive no temor de Deus e luta para defender as virtudes, a ética e a justiça é colocado de lado e rejeitado pela sociedade, porque sua linguagem fere o orgulho e os interesses meramente humanos. Foi assim com João: sua denúncia e repúdio à vida imoral do rei Herodes, que vivia com uma amante, foi fatal, foi fatal. João foi degolado, tinha só 31 anos de idade.

     A Igreja celebra duas festas em homenagem a São João Batista: no dia do seu nascimento, 24 de junho, em sintonia com o nascimento de Jesus, comemorado seis meses depois. Isso está de acordo com as palavras do Arcanjo Gabriel a Nossa Senhora, quando ele afirmou “Isabel, idosa e estéril já está no sexto mês de gravidez...” A segunda  festa é celebrada no dia 29 de agosto, em recordação do seu glorioso martírio.

     Parte dos restos mortais de São João Batista encontra-se no Museum Top Kapi, em Istambul, na Turquia. Em honra deste grande santo e mártir foram consagradas inúmeras Igrejas. Em Roma, a Basílica a ele dedicada foi, por mais de 1.200 anos, a “Igreja Mãe” da cristandade, além de ter sido a residência oficial dos Papas, até ser construída a atual Basílica de São Pedro.

Padre Guido Mottinelli

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags