Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle

December 3, 2019

Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

A CAMINHO DE DEUS

     Essa é mais uma coluna fixa do Portal. Se você ainda não leu e deseja ler as anteriores, veja na edição de abril  e maio. Esse é o terceiro capítulo de "A Caminho do Céu" (o Purgatório)

 

IMPOTÊNCIA PARA SE ACUDIREM

      O estado das almas do purgatório,é de absoluta impotência. Parecem-se com o paralítico estendido à beira da fonte de Siloé, que não podia fazer o menos movimento para ter alívio. Vêem suas companheiras de infortúnio, aliviados de tempos a tempos recebendo os frutos de uma comunhão, o valor de uma missa, e elas ficam esquecidas.

     Vós que viveis na terra e tão facilmente vos comoveis ante o sofrimento e ideia do abandono, ouvi as almas do purgatório pedindo-vos uma migalha desse pão que Deus vos dá com tanta abundancia: uma pequena parte de vossas orações, boas obras e sofrimentos! Como são justas as queixas que um religioso ouviu desses pobres corações abandonados.

     “Ó irmãos! Ó amigos! Pois que há tanto tempo vos aguardamos, e vós não não vindes, vos chamamos e não respondeis; sofremos tormentos que não tem iguais, e vos compadeceis; gemendo e não consolais”. Ai, dizia uma alma, ignora-se no mundo que o fogo do purgatório é semelhante ao do inferno. Se possível fosse fazer uma visita a essas mansões de dor, não haveria na terra, quem quisesse cometer um só pecado venial, visto o rigor com que é punido.

     São Francisco Xavier percorria, à noite, as ruas da cidade, convocando com uma campainha, o povo a orar pelas almas. Outrora muitas almas saíram do purgatório graças às orações dos fiéis, mas agora poucas saem de lá. Poucos se preocupam com elas.

 

NOSSA CONFIANÇA EM DEUS

      São Francisco de Sales não queria que se desesperasse nunca da conversão dos pecadores até seu ultimo suspiro, e não permitia que se julgasse mal mesmo dos que tinham vivido uma vida irregular. Entendia que se deve presumir sempre bem da pessoa que expira. “Entre o ultimo suspiro e a eternidade há um abismo de misericórdia. passam-se entre Deus e a alma certos mistérios de amor que nós só conhecemos no céu. Que precisa este agonizante para obter o perdão?

Uma luz que lhe mostre a misericórdia divina. Esta luz é Jesus apresentando-se àquela alma e dizendo-lhe com um olhar de infinita ternura. “Não é a mim que queres”? E a alma dizendo: É a vós Senhor! E a misericórdia triunfa! Esperança pois, esperai sempre; dirigi vossas preces constantes pelos mortos. Ninguém pode calcular até que ponto essas preces podem ser atendidas. Quem poderá narrar as misericórdias de Deus por seus filhos?  

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags