Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

20 DE JULHO: DIA NACIONAL DA AMIZADE E DIA DO AMIGO

 

 

SEM AMOR EU NADA SOU E SEM AMIZADE NÃO SOU NADA

     Vamos conversar um pouco sobre o Valor de se ter amizade. Thomas Merton afirmou, que homem algum é uma ilha. É neste contexto, ou se preferir, neste ambiente, que nos relacionamos com os outros. Ninguém pode, nem é capaz de ficar fechado em seu único mundo, em seu “universinho medíocre”. Fomos feitos para estender a mão e nos relacionar, fazer a comunhão com o outro. Quando vemos um grupo de adolescentes ou de jovens com toda sua efusão de vida, ninguém precisa ficar extremamente preocupado, pois o que ele quer é apenas amizade.

      A primeira busca é a busca da amizade de uns com os outros. Nossos juízos aí podem cometer falhas, pois avaliamos a reação do grupo a partir de nosso moralismo, e não da moral como tal. O que está em jogo e o que o jovem busca em primeiro lugar é a amizade. A forma de expressar esse sentimento é que possa, talvez, ser melhor avaliada. Mas o que está escondido é o desejo de ter amizade verdadeira.

     De outra parte, em nossos dias precisamos, com urgência, redescobrir o humano, o essencialmente humano. O profundamente humano, o que se dá no relacionamento sincero e gratuito. Assim fez Jesus: Ele tinha amizade gratuita com Lázaro, Maria e Marta. O problema de nossa sociedade de hoje é avaliar a pessoa por sua eficiência, e assim a classificar como capaz ou incapaz, competente e incompetente. E o mundo técnico-científico exige que a pessoa seja capaz de dominar e não se relacionar. Aliás, o relacionamento passou da pessoa para a máquina. É objeto de nossas conversas. É motivo também de auto-afirmação pessoal.

     “Sozinhos não somos nada. Precisamos da presença do outro em nossa vida para vivermos o amor proposto por Cristo”.

     Hoje há um show de máquinas fotográficas digitais e telefones celulares. Até em nossas celebrações litúrgicas estão presentes. Estamos num mundo técnico, que puxa as atenções, e ainda não sabemos como lidar com ele, e por isso se sobrepõe a nós. Quando a técnica se volta a favor de si mesma ela frustra a vida humana.

     A amizade real, verdadeira, leva à plena liberdade, porque vem carregada de amor; e amor é gerador de liberdade. A lei orientadora da vida do cristão é o amor, e a amizade sincera está carregada dele. É princípio inspirador. É critério para nossas opções.

     Voltando para o pensamento de Thomas Merton, a amizade faz a gente romper nossos fechamentos e nossa tendência exclusivista, para nos abrir aos outros. Diria que amizade é comunhão de riquezas de vida: Aprendo com o outro e o outro aprende comigo.  Cabe-nos, pois, beneficiar-nos de todo progresso humano, mas sem negligenciarmos o fundamento maior de nossa vida, que é a gratuidade em nossos relacionamentos humanos. Este sim, nos realiza de verdade, nos faz gente autêntica. Sem amor eu nada sou, sem amizade eu não sou nada! Vamos ser amigos

Padre Ferdinando Mancílio – CSSR

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags