Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

A CAMINHO DO PAI  - O PURGATÓRIO

 

DEPOIS DA MISSA... A COMUNHÃO

           Não há sufrágio mais poderoso, depois da Santa Missa, para recorrer as almas, que a santa comunhão, diz São Boaventura. A Eucaristia é um sacramento de descanso e paz para os defuntos, diz Santo Ambrósio. E o mesmo afirmam S. Cirilo e S. João Crisóstomo. Procuremos fazer boas comunhões, lembrando-nos que quanto melhor a fizermos, tanto mais aliviaremos os mortos. É célebre a sentença do Papa Alexandre VI: “Todo que reza, e mais ainda quem comunga pelas almas, com o desejo de ajuda-las as obriga a gratidão e remuneração”.

        O Papa Paulo VI estimulou a prática das comunhões pelas almas padecentes. O Venerável Luiz Blois tendo feito uma comunhão muito fervorosa por um amigo que sofria no purgatório, recebeu a sua visita com estas palavras: “Graças, mil graças meu amigo. Vou contemplar a face de meu Deus para sempre”.

 

                    AS INDULGÊNCIA: O TESOURO DA ALEGRIA

        As indulgencias são uma chave que a Igreja nos confia para penetrar em seu tesouro, onde estão os méritos de Jesus e dos santos com permissão de retirar a soma que ela indicou. E eu entrego a Deus para solver as dívidas das almas.

       Santa Madalena de Pazzi aproveitava quantas indulgencias podia ganhar para os mortos. Um dia apareceu-lhe uma das irmãs que pouco depois de falecer veio agradecê-la. Nosso Senhor lhe revelou que essa alma deveria de ter longo purgatório, mas se livrou em tão pouco tempo, graças as indulgencias que a santa havia lucrado pela defunta.

        Santa Tereza viu a alma de uma religiosa muito simples subir ao céu, logo depois de sua morte. E como Tereza revelasse grande surpresa com isto, Nosso Senhor lhe disse que aquela religiosa sempre teve grande respeito pelas indulgencias da Igreja e sempre se esforçou para ganhar o maior número possível delas. Recitemos jaculatórias, indulgências,. É tão fácil repeti-las em toda hora. É uma mina de ouro que está à nossa disposição.

OBS: Na próxima edição, vamos sugerir algumas indulgências e jaculatórias.

Regina Turchenski – Odorizzi Gráfica Editora

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags