Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

VOCÊ TEME O VAZIO?

November 12, 2017

         Meu querido leitor, alguma vez você já sentiu um vazio no peito? A sensação pode ser muito incômoda e decidimos que queremos fugir dela, mas será isso possível? Será até mesmo saudável? Não. A sensação de vazio é incômoda porque nos faz perceber energia sem direção dentro de nós, desejar algo, mas não saber identificar esse algo é uma das situações que mais geram angústia no ser humano. Um comportamento típico quando sentimos isto é tentar afastar da sensação, porém, isso não ajuda porque ela permanece mesmo que inconsciente.

     O vazio pode ser desagradável, mas ele não causa nenhum mal. Pelo contrário, quando aprendemos a fazer contato com o que não sabemos sobre nós, podemos aprender muito sobre quem somos e nossa missão aqui nesta Terra. Quando ignoramos o vazio, nos privamos deste tipo de informação. Mas, como desenvolver este conforto com algo tão difícil?  

 

 

  O primeiro ponto é aprender a sustentar a sensação de vazio. Ao invés de fugir, manter o contato simplesmente sentindo. Prestar atenção aos frios na barriga, ao peito ou até mesmo à mente que fica inquieta. Prestar atenção nas sensações sem procurar muda-las. Este ponto é importante porque esses “sintomas” são a maneira pela qual o seu corpo está lhe informando do vazio. Com o tempo as pessoas descobrem sobre o que é o vazio apenas identificando onde ele se manifesta.

     A paciência é o segundo passo. Deixar a mente aberta com a pergunta: O que estou precisando? Sentir as manifestações do corpo e esperar para que essas informações todas se tornem algo mais concreto é fundamental para que o vazio possa se expressar. Muitas vezes, para ajudar com a ansiedade vale a pena pegar um pedaço de argila e permitir que sua mão atue sobre ela tentando dar uma forma ao vazio.

      O terceiro ponto é ouvir os seus instintos e agir. Se você conseguiu sustentar a sensação e está aberto a ouvi-la, possivelmente, sentirá vontades e desejos que você “não sabe de onde” e nem “porque” vieram. Nem há como saber que eles estão nascendo em você, não são habituais, são a sua próxima fase. Assim, é importante ouvir e testar estas primeiras manifestações do vazio agora querendo dar-se forma.

      Testar e verificar o que isto pode lhe trazer de crescimento é o último passo. Não basta seguir o impulso criativo, é importante personaliza-lo também. A mescla entre o impulso inconsciente e a organização consciente é o ápice da criação. É a partir disso que você poderá, enfim, tornar o seu vazio em algo concreto.

Akim Neto - Psicólogo

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags