Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle

December 3, 2019

Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

A ORIGEM DA FESTA DO NATAL

December 11, 2017

 

 

   Hoje, aparecem muitos questionamentos sobre a data do nascimento de Jesus. Ele não nasceu exatamente no dia 25 de dezembro. Essa data foi uma apropriação do cristianismo quando se integrou à cultura romana. Sobre a data real do nascimento de Jesus sabemos pouco, pois a Bíblia não é um livro de história nem ciências, é um livro de fé. Os evangelhos não pretendem ser uma biografia de Jesus. Eles trazem apenas informações e detalhes que ajudam a compreender a mensagem do Mestre.

     Mas mesmo assim, podemos pinçar alguma coisa. Por exemplo, o evangelista Mateus nos informa que Jesus nasceu no tempo de Herodes, o Grande (Mt. 2. 13-23), um rei dos judeus que morreu na primavera do ano 750 do calendário romano, que corresponde ao ano 4 antes de Cristo. Baseando-nos nessas informações e outros estudos, sabemos, hoje, que o ano mais provável do nascimento de Jesus seria entre sete ou seis antes da era cristã, ou seja, estaríamos hoje, na verdade, no ano 2020 ou 2021. Costumo brincar que Jesus nasceu seis ou sete anos antes de Cristo. Mas, vejamos mais alguns dados históricos que explicam a escolha do dia 25 de dezembro.

        No ano 274 da era cristã, o Imperador Aureliano proclamou o dia 25 de dezembro como o Dia do Nascimento do Sol Invencível. Nesse período, acontece no hemisfério norte, o solstício do inverno, ou seja, a noite mais longa do ano. Mesmo assim, o sol nasce e vence as trevas, fazendo brilhar sua luz sobre todos.  Era a festa do deus sol invictus! Por volta do ano 312 depois de Cristo, o imperador Constantinos converteu-se ao cristianismo e elevou à categoria de religião oficial do Império Romano.

       Acelerou-se, então, o processo de sincretismo, de enculturação cristã no universo pagão. Ora, se durante o mês de dezembro celebravam-se as grandes festas pagãs, inclusive a festa do “deus invictus”, nada mais significativo e adequado que dar-lhe uma roupagem e significado cristão. Afinal, é o próprio Jesus que diz: “Eu sou a Luz do mundo, quem me segue, não andará nas trevas, mas terá a luz da vida”. No prólogo do seu evangelho, João diz: “Nele estava a vida e a vida era a Luz dos homens .... Era a luz verdadeira que ilumina todo homem que vem a este mundo ...” Simples assim: sai a festa do deus sol, pagão, entra a Festa do Filho de Deus, Jesus, cristão. E nasce o Natal! Mas, o que significa o Natal para você?

Pe. Francisco Sehnem, scj.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags