Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle

January 22, 2020

Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

DIA DE REIS A FOLIA ESTRELA DO ORIENTE FAZ SUA FESTA DE CONFRATERNIZAÇÃO

January 7, 2018

          Cumprindo a missão de levar sua mensagem através do seu canto a Folia de Reis Estrela do Oriente desempenha uma função importante em nossa terra e é por meio da Folia de Reis, que se dá essa manifestação cultural na qual a relação entre mito e rito, pensamento e ação, ocupa lugar central, onde foliões e devotos ordenam continuamente o mundo. Transmitir esses saberes na forma de uma tradição é, necessariamente, recriá-la. Assim, visitando os lares cachoeirenses, a Folia do mestre João Guedes iniciou sua jornada na noite de natal e encerrou suas atividades no dia 06 de janeiro – dia de Reis – numa grande festa de confraternização na sua cede sede, à Rua Alves Pequeno, em Cachoeira Alegre.

         As Folias de Reis são manifestações culturais populares muito difundidas no território brasileiro, tanto em áreas rurais quanto urbanas, apresentando grande diversidade de variações regionais e denominações locais. Em Cachoeira Alegre, por exemplo a tradição de Folia de Reis vem de muitas décadas e, além de se apresentarem na comunidade; esses grupos se apresentam também em outras cidades.      

       Em outros tempos era comum receber aqui Folia de Reis da cidade do Rio de Janeiro, oriundas do Morro de São Carlos, Catumbí e Canta Galo, esses grupos visitavam as casas em Cachoeira trazendo seu canto, sua alegria, sua mensagem. Por sua vez, Folias de Cachoeira Alegre também viajaram até o Rio de Janeiro, retribuindo a visita, se apresentando nos Morros mencionados.  

     

FOLIA DE CACHOEIRA JÁ SE APRESENTOU NA RÁDIO GLOBO

         Há uma família cachoeirense, de tradição católica e profundamente conhecedora de Folia de Reis, radicada no Rio de Janeiro e que desempenha lá na sua comunidade um papel importante na divulgação dessa tradição. Além de se apresentarem nos bairros cariocas da periferia em visita às casas, também tiveram a honra de se apresentarem ao vivo num programa de rádio. A Rádio Globo tinha – há cerca de duas décadas - em sua grade de programação um programa que ia ao ar durante a madrugada e que tinha uma audiência extraordinária, cujo nome era: “AdeLzon Alves, O Amigo da Madrugada”.

        Me lembro com saudade da abertura do Programa Adelzon Alves, O Amigo da Madrugada, e em como cumprimentava os ouvintes: “Bênção pra quem é de bênção, Boa noite pra quem é de Boa noite, Bom dia pra quem é de Bom dia …” De hora em hora Adelzon anunciava ” O GLOBO NO AR ” com José Carlos Caramês e seu Programa terminava as 4 da manhã quando chegava LUCIANO ALVES na Rádio Globo. Pois bem, foi nesse programa que a Folia de filhos de Cachoeira Alegre se apresentou para um Brasil de audiência e, é óbvio que o fato repercutiu bastante, deixando toda a comunidade cachoeirense muito orgulhosa.

       Hoje com 70 anos de idade e 55 de comunicação, além de locutor noticiarista, produtor de discos, revelou artistas como Clara Nunes, Martinho da Vila, Paulinho da Viola, Adelzon Alves era sinônimo de Rádio na Madrugada, era e ainda é, pois continua a apresentar seu programa, agora na Rádio Nacional. 

      As folias procuram reproduzir a viagem mítica à cidade de Belém, local de nascimento de Jesus, segundo a tradição cristã, que os reis magos - Gaspar, Melquior e Baltasar - teriam feito para adorar e presentear o menino com ouro, incenso e mirra. Tratam-se de grupos de cantores e instrumentistas que realizam visitas rituais, chamadas de jornadas, às casas de devotos, distribuindo bênçãos em troca de donativos para a realização de uma grande festa. Em geral, as jornadas são realizadas entre os dias 25 de dezembro e 6 de janeiro (Dia de Reis).

 

 

A ATUAÇÃO DOS PALHAÇOS

       A brincadeira do palhaço é apenas uma parte das atividades realizadas por uma Folia de Reis. A visitação às casas de devotos envolve sequência ritualizada de ações, como chegada, entrada na casa, distribuição de bênçãos, refeição, apresentação dos palhaços, ofertas, agradecimentos e despedida.

     A apresentação do personagem desenrola-se em forte interação com o público e com os familiares da casa. Seu jogo está em divertir os espectadores com versos e malabarismos de todo tipo e conseguir tirar proveito do dinheiro ofertado pelos presentes, que é jogado no chão. Os ganhos, assim, dependem de uma negociação permanente entre palhaço e público, na qual se trocam versos ou bailados por dinheiro.

       Ao sinal do toque acelerado da sanfona e dos instrumentos de percussão, uma extensa roda de espectadores animados se forma, aguardando ansiosamente a entrada do palhaço, personagem mascarado da Folia de Reis. O palhaço pede licença ao dono da casa para iniciar sua apresentação espetacular a que todos chamam de brincadeira, na qual esse personagem de aparência e gestos assustadores declama versos rimados e cômicos conhecidos como chulas, como o abaixo:

"Quem é bom já nasce feito
Eu tento fazer o que pode
Me dá licença meu povo
que eu tô dentro do pagode
você vai me dar os dois real
eu posso falar do seu bigode?"
(Palhaço Criolo, de Laranjal, MG)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags