Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

A SEMANA SANTA: QUE TODOS A CELEBREM SANTAMENTE

March 20, 2018

  Fraternidade é superar a violência! É derramar, em vez de sangue, mais perdão! É fermentar na humanidade o amor fraterno! Pois Jesus Cristo disse que “somos todos irmãos”!

     A Igreja Católica comemora na Semana Santa os Mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. A Semana Santa só é compreendida por um profundo ato de fé.

     A Igreja, durante a Quaresma, iniciada na quarta-feira de Cinzas, prepara os fiéis para as celebrações da Semana Santa. Há mais de 50 anos, na Quaresma, é realizada a Campanha da Fraternidade. A Campanha da Fraternidade, cada ano, escolhe um tema e um lema para reflexão, oração, penitência e uma coleta para a solidariedade das obras sociais da Diocese e da CNBB.

     O tema da Campanha da Fraternidade neste ano é: “Fraternidade e superação da violência”. E o lema é: “Vós sois todos irmãos”. Qual é o sentido do lema e do tema? Todos nós devemos nos empenhar em superar a violência que está nas mãos do mundo, com um propósito de perdão, nossas orações e com o coração transbordando de amor. Estas devem ser as armas do cristão.

      Fraternidade é superar a violência! É derramar, em vez de sangue, mais perdão! É fermentar na humanidade o amor fraterno! Pois Jesus Cristo disse que “somos todos irmãos”! Mas o que importa isto para a Semana santa? Importa sim, porque todos devem sentir-se seguros e fervorosos para celebrá-la santamente, acompanhando com espírito de fé todos os atos litúrgicos.

       Nesse ano, a Semana Santa terá início no dia 25 de março com o Domingo de Ramos e culmina com o Domingo da Páscoa, no dia primeiro de abril.

 

 

DOMINGO DE RAMOS: Participemos das bênçãos dos Ramos, com a mesma fé e alegria, contemplando Jesus entrando em sua casa em seu coração com a palma abençoada, que ´´e a bênção de Cristo.

SEGUNDA FEIRA SANTA: Com a procissão de Nosso Senhor dos Passos, caminhamos em oração, dando sequência à Semana Santa que nos faz adentrar o profundo mistério de nossa salvação. Cristo vai assumir o mais profundo da humilhação humana.

TERÇA FEIRA SANTA: Novamente os cristãos se reúnem para em procissão e caminham com a Virgem Maria, mãe de Jesus, meditando as suas dores e a paixão e morte de seu Filho, por amor à toda a humanidade.

QUARTA FEIRA SANTA: Duas procissões se formam em lugares distintos, sendo uma com a imagem do Senhor dos Passos e a outra com Nossa Senhora das Dores e, elas se encontram. É o encontro do Filho com a Mãe. A caminho do Calvário, Cristo vai nos revelando a paixão de seu amor para conosco, amor doado ao extremo. Sofrendo com Ele, seremos também vitoriosos dos sofrimentos e da morte.

QUINTA FEIRA SANTA: O Bispo, na catedral em Leopoldina, sagra o óleo do Crisma, benze os óleos dos catecúmenos para o Batismo e dos Enfermos para a Unção dos Doentes. Muitos são ungidos no Batismo, Crisma, Ordenação Presbiteral e Episcopal e na doença grave em idade avançada.

     Nesta mesma missa, os presbíteros renovam diante de seus Bispo os compromissos assumidos no dia da Ordenação: ser sacerdote como Cristo. À noite é celebrada a missa da instituição da Eucaristia, que é o sacrifício da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo. A Eucaristia é a fonte, o ápice da vida espiritual. Nesta mesma missa, há a cerimônia do Lava-pés. Lavar os pés é colocar-se a serviço dos irmãos na evangelização, caridade e doença.

SEXTA FEIRA SANTA: A Paixão e Morte de Cristo na Cruz é o maior ato de amor para a salvação de todos os homens e mulheres. Esse ato de amor gratuito de Cristo, deve ser retribuído com uma doação total, aceitando plenamente as cruzes de nossa vida.

SÁBADO SANTO & DOMINGO DA PÁSCOA: A Ressurreição de Cristo, celebrada no sábado santo e domingo de páscoa, é a maior festa litúrgica do ano.

     São Paulo ensina-nos que, se Cristo não tivesse ressuscitado, seria vã nossa fé, vazia nossa pregação. (1 Cor 15-4). Todos nós queremos viver mais tempo. Mas um dia, esperada pela doença ou repentina, acontece a morte. Crer que a morte não é extermínio da vida, não é o aniquilamento, desaparecimento, castigo imposto ao ser humano. (Sb 3,1 e seguintes).

     Que seja a semana da esperança, da alegria e da gratidão a Cristo que se encarnou e morreu, pela salvação de cada um de nós. Que seja a festa da Paz.     Que todos os nossos leitores celebrem bem a Semana Santa, onde quer se encontrem. A paróquia São Sebastião de Cachoeira Alegre, estará celebrando a Semana Santa também nas Igrejas auxiliares. Fique atento, pois, divulgaremos aqui, em nossa página, toda a programação.

Fernando M. Ribeiro

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags