Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

DIA DO SUPERVISOR EDUCACIONAL: COLÉGIO E FACULDADE SANTA MARCELINA, FORMANDO CIDADÃOS HÁ DÉCADAS

 No dia 22 de agosto comemora-se o Dia do supervisor Pedagógico, professor responsável pela coordenação e apoio às atividades do corpo docente, com o objetivo de promover melhor desempenho do trabalho didático.

       O Portal Novo Tempo parabeniza os profissionais dessa área que, com competência, dinamismo e dedicação desenvolvem o seu trabalho com os professores, alunos e pais de alunos nas escolas desse nosso extenso Brasil.

 

COLÉGIO E FACULDADE SANTA MARCELINA, FORMANDO CIDADÃOS HÁ DÉCADAS

     Marcas indeléveis da Educação Marcelina marcaram e marcam a trajetória de gerações em Muriaé e região. As Marcelinas integram uma congregação nascida na Itália, criada pelo Monsenhor Luís Biraghi. Um homem de seu tempo, mas cujas obras extrapolariam sua época e influenciariam épocas futuras.

       Monsenhor Biraghi iniciou, na Itália, a educação de jovens adolescentes: as primeiras Irmãs Marcelinas. E muito rápido a congregação se espalhou pela Europa, pela América chegando ao Brasil. Uma instituição que avançaria no tempo e, como as grandes árvores, aprofundaria suas raízes, frutificando, formando educadoras para atuarem na sociedade.

       Khawn Tzu, três séculos antes de Cristo, afirmava: “Se queres colher para um ano, plante cereais; se queres colher para uma década, plante árvores; se queres colher para a vida, eduque o homem”.

       Monsenhor Biraghi, sem dúvida, acreditava que a educação liberta o homem, dá-lhe a concepção e a visão divina e do mundo: leva-o à busca da verdade: “Conhecereis a verdade e ela vos libertará”! E, por isto, investiu na educação, instituição complementar na ação da família e indispensável no mundo de hoje.

       As Irmãs Marcelinas assumiram esta tarefa em todos os recantos para onde foram. E sua ação comprometida com a formação de jovens educadoras cristãs e católicas, por onde se fizeram presentes. A marca dessas alunas é inconfundível; sua ação, quer na família, quer na sociedade, é acompanhada de sólidos princípios que orientam a prática de cada uma delas: obediência aos princípios cristãos, compromisso com a ética, com a verdade, com a justiça, com a construção do conhecimento, com o amor ao próximo.

       Por isso, nos orgulhamos desse educandário Colégio Santa Marcelina e Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Santa Marcelina de Muriaé, instituição que forma professores há décadas. Vida a fora, as lições que aí aprendemos e que hoje ensinamos, são como pedras basilares que, como as casas grande da época colonial, se sustentaram séculos, dada a solidez de sua estrutura.

       O Colégio Santa Marcelina ofereceu-nos esta estrutura e solidez, por nos ter tornado também, pedras basilares da sociedade em que vivemos. Ao colégio, nossos cumprimentos, às Irmãs Marcelinas nossos agradecimentos: por Muriaé, por Minas Gerais e pelo Brasil a quem deram seu legado maior: a educação! Nesse dia do Supervisor Educacional, às Marcelinas, os louros de sua relevante ação educativa!

Zélia Rodrigues Couri – ex-aluna, Prof., da FAFISM e ex-vereadora pelo PT.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags