Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

LAICATO: LEIGOS CHAMADOS À MISSÃO DA IGREJA

          No Domingo de Cristo Rei, dia 26 de novembro do ano passado (2017), a Igreja no Brasil iniciou a celebração do Ano do Laicato destacando o papel que os leigos exercem na missão da Igreja. Os leigos constituem o imenso povo de batizados, que vivem a sua condição de cristãos no dia a dia, inseridos nas realidades do mundo social, político, econômico e cultural. Ali são enviados para transformar essas realidades com o fermento e o sal bom do Evangelho do Reino de Deus.

      Sempre é bom lembrar que todos os leigos, enquanto batizados participam da mesma dignidade de filhos de Deus e membros da Igreja. Não é correto pensar que o leigo só é valorizado quando ele desempenha algum serviço especial na Igreja.  A dignidade do leigo não vem, em primeiro lugar, daquilo que o leigo faz, mas daquilo que ele é.

       

 

  Não é indispensável que todos os leigos desempenham alguma missão “especial” na Igreja: o principal é viver como discípulo de Cristo, expressar a vida nova vivida no Batismo e dar o testemunho de Jesus Cristo e do Evangelho. E isso não é pouco! No entanto, muitos leigos recebem dons especiais e são chamados a se colocarem a serviço da vida e da missão da Igreja.

        Geralmente, destaca-se a vocação dos catequistas, dos leigos pregadores e Ministros da Sagrada Comunhão e isso não é sem motivo: Eles têm um papel importantíssimo na vida e na missão da Igreja.  São pedagogos da fé e ajudam os irmãos a darem passos na vida cristã e na experiência da fé. Os ministros servem a comunidade na Liturgia e se colocam a serviço da Eucaristia e isso é importantíssimo na Evangelização!

        Mas, além da catequese e do Ministério do auxílio na Liturgia, os leigos podem desempenhar muitos outros ministérios ou serviços eclesiais, participando da responsabilidade comum de todos os batizados pela vida e a missão da Igreja.

        E não devemos esquecer que o chamado principal dos cristãos leigos é para ser o bom fermento do Evangelho no meio do mundo, no trabalho e nas responsabilidades sociais e públicas, nas diversas profissões, na educação, na comunicação social e na formação da chamada opinião pública e em todos os campos da vida e das atividades humanas. Aí os fiéis leigos são chamados a serem o sal da terra e a luz do mundo, permeando-o com os valores do Reino de Deus e o          “bom perfume de Cristo”. O Laicato é sem dúvida um rico patrimônio desenvolvido na Igreja a partir do Concílio Vaticano II.

Cardeal Arcebispo Dom Odilo Pedro Sherer – SP.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags