Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

A ORAÇÃO LEVA AO PERDÃO

         Natal é Festa do Amor e um dos frutos do amor é o perdão. Jesus, enviado ao mundo num gesto de Amor do Pai, traz consigo o perdão. Ele veio em resgate para o perdão de nossos pecados e nos convida a integrar este Plano de Amor e perdão.

       Perdoar não é fácil. Ser ferido e magoado por uma indelicadeza, uma palavra dura, uma calúnia, uma atitude que nos derruba, abre uma profunda ferida em nosso coração. E quando isso vem de uma pessoa que amamos, dói mais ainda.

       Pela oração, entramos em comunhão com o Senhor. O Amor Divino, que é recriador, nos transforma. Pela oração, na força do Espírito Santo, o senhor vai modelando o nosso coração, segundo o seu Sagrado Coração. E, devagar, os sentimentos divinos passam a ser os nossos sentimentos.

      

 

Por meio da oração, opera-se em nós o Plano da Salvação. O Filho vem da Misericórdia, recria o homem decaído, salva-o mediante o Batismo de regeneração e renovação pelo Espírito Santo. A oração nos leva à experiência de regeneração no Espírito Santo que é Amor, e nos cumula dele, tornando-nos capazes de perdoar.

       Quando for ofendido, não recalque a mágoa. Clame pelo Senhor, faça orações e abençoe quem te ofendeu. Peça a graça do perdão. E, para curar mágoas profundas, aproveite o Advento para fazer, por vários dias, uma oração de amortização:

       Visualize quem te ofendeu. Em oração, abrace essa pessoa, perdoando-a. Imagine Jesus abençoando você e essa pessoa. Depois reze: “Jesus, feito homem por amor, para nos trazer o perdão, ensina-me a perdoar ‘setenta vezes sete’. Dá-me a graça do perdão. Diante do presépio, com Maria e José, ofereço ao Pai Aquele que um dia será oferecido no calvário, para que Seu Sangue purifique meu coração e me capacite a ser como Ele: Tendo amado os seus que estavam no mundo, até o extremo os amou. Amém”.

Irmã Maria Nellie Guimarães

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags