Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

DEUS NOS AMA COM AMOR ETERNO

December 17, 2018

           O Natal nos traz o amor sem limites de Deus Pai pela humanidade, na pessoa do Menino Jesus, que se tornou um de nós, na Gruta de Belém, para nos salvar. A Bíblia nos revela a história de um Deus apaixonado pela humanidade, comprometido com o destino, felicidade, sonhos, sofrimentos e com a salvação eterna de todos.

       Deus tem somente um projeto para a humanidade: dignidade e vida plena no presente e a felicidade eterna para todos. “A vontade de meu Pai é que nenhum dos seus filhos se perca” (Mateus 18.14). Deus Pai, em Cristo, na ação do Espírito Santo, quer nos dar vida plena.

      Mas, infelizmente, até para alguns cristãos, o Natal se transformou numa festa apenas comercial. Por isso o Papa Bento XVI, através do Ano da Fé, nos convocou a redescobrirmos Jesus como nosso único Salvador e Redentor. Somos chamados a não somente recordar que o Deus Menino é o Messias prometido, o Salvador da humanidade, mas somos convidados, como cristãos, a nos encontrarmos no nível pessoal, familiar, social, espiritual e comunitário com o Deus que se fez um de nós em Belém.

       Deus Pai, pela encarnação de seu Filho Jesus, na noite do Natal, nos abraça, nos assume e nos ama. Diante da grandeza deste mistério do amor de Deus pela humanidade resta-nos o silêncio, a adoração, a contemplação e a gratidão.

      Mas, no Deus que saiu de si e se tornou um de nós na Gruta de Belém, por amor ao Pai e à humanidade, há uma grande mensagem a ser descoberta e acolhida: Somos convocados a sair de nós próprios para irmos ao encontro de Deus e dos irmãos, particularmente dos mais pequeninos e feridos. Somente assim acontecerá a verdadeira celebração natalina.

      

 

O Natal de Jesus pede o acolhimento do Deus Menino que, também hoje, deseja e precisa ser acolhido e abrigado na hospedaria de nossos corações, de nossos lares e comunidades, nas nossas Igrejas e toda a humanidade. Porém, “Jesus veio para os seus e os seus não O reconheceram, nem O acolheram”. Infelizmente, hoje não é diferente.

       Continuamos distante de Jesus. Ele continua sendo o grande desconhecido de milhões de crianças e irmãos que esperam por nosso amor, acolhimento e solidariedade. Ontem Ele nasceu na Gruta de Belém. Hoje, Ele deseja nascer em nosso coração, como espera ser reconhecido, acolhido, ajudado e amado nos mais pequeninos e sofredores. O Natal de Jesus, além de ser o dom supremo do amor de Deus pela humanidade, é ordem e ensinamento. Somos desafiados a responder ao amor de Deus no amor aos irmãos. 

De coração, desejo a todos um feliz, santo e abençoado Natal.

Padre Evaristo Debiasi

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags