Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

SEXTA-FEIRA SANTA EM CACHOEIRA ALEGRE: CAMINHADAS, TEATROS...

April 20, 2019

SEXTA-FEIRA SANTA: CAMINHADA ATÉ AO SANTO CRUZEIRO

   

 

 

   Às 05:00 horas da manhã, quase uma centena de pessoas saiu da Praça Olavo Carlos em direção ao Morro do Ipiranga. Portando velas, pequeninas lanternas e luzes de celulares que iluminavam o caminho, elas caminharam, meditando as Sete Dores de Maria. Uma caminhada Penitencial e cheia de significados: O seminarista Marcio Junior, conhecedor da “Palavra”, sabe que o primeiro dever da Igreja é pregar o Evangelho de Jesus Cristo. E sabe também que o Evangelho vale para todos os aspectos da vida humana, individual, familiar, profissional e social. Assim, depois de atingir-se o cume do Monte, diante da Cruz iluminada, fez bela reflexão. “Acolher a Palavra é fazer a experiência profunda da fé, pois ela nos conduz ao coração de Deus”.         Convidou a todos a se voltarem para a Cruz e depois para a cidade, para aquela manhã que despertava no firmamento, com clarões avermelhados, nuvens em movimentos, anunciando que Deus havia acendido o sol, que ele surgia, risonho, a nos dizer que o dia não tardaria a chegar. Pediu que estendêssemos nossas mãos em direção à nossa casa e rezássemos pela nossa família, pelos sacerdotes, pela paz no mundo, por Cachoeira Alegre...

       Depois, com o silenciar das vozes, o coração sereno e olhares atentos a contemplar esse cenário e dos lábios de cada um, brotavam louvores, na certeza de que um ser supremo em tudo isso existe e, que é DEUS, o autor de mais esse quadro, exposto no amanhecer dessa sexta-feira da Paixão.

 

 

ÀS 15:00 Horas: O DESCERRAMENTO E BEIJO DA CRUZ

       Cerimônia que atraiu um bom número de fiéis à Igreja-matriz se iniciou com o presidente da celebração e os ministros reverenciando a Cruz. O seminarista Marcio Junior, se deita sobre um tapete vermelho diante da cruz e permanece por algum tempo em silencio. Ao levantar-se dá início à celebração com as leituras, há o descerramento da Cruz e a Adoração do Cristo na Cruz.

        O altar até então desnudado desde a noite anterior, é coberto, para acolher o Verbo eterno, Jesus na Eucaristia que nos é dado em forma de Pão. Terminada a comunhão, o seminarista convida toda a assembleia a tomar parte na Via Sacra, na Encenação da Paixão de Cristo, o Descimento da Cruz e a Procissão do Senhor Morto e, todos se retiram em silencio absoluto.

 

 

 

O SERMÃO DO DESCENDIMENTO DA CRUZ

       Nos jardins da Praça da Matriz, as três cruzes estavam fixadas, relembrando o Gólgota, os personagens devidamente caracterizados aguardavam o momento de entrarem em cena e, os fiéis, em grande número, se sentaram nos degraus da Alameda Joaquim de Assis para ouvirem, emocionados, o Sermão do Descendimento da Cruz. O seminarista Marcio Junior, narrando toda a trajetória, quando Nicodemos e José de Arimatéia retiram os cravos dos pés e mãos de Jesus e o entregam à Maria, numa cena inesquecível interpretada pelos jovens atores amadores da Paróquia São Sebastião.              Depois de profunda reflexão a que nos levou o seminarista em seu maravilhoso sermão e narrativa, teve início a Procissão do Senhor Morto. Ao som de - alguns integrantes - da Banda de Música, orações, cânticos, a presença do Centurião, o canto dolente de Verônica que exibe o rosto de Jesus impresso em uma toalha; as Marias de Behús e todo o elenco de atores, o cortejo percorreu as principais ruas da Comunidade e retornou à Igreja-matriz. Em todas as procissões a comunidade pode contar com a presença do incansável e dedicado seminarista Marcio Mendes, que caminhara e rezara com ela.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter