Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

MISSA SOLENE DE NATAL NA MATRIZ EM EM CACHOEIRA ALEGRE

December 25, 2019

       

 

 

Com um pequeno atraso, em função de compromissos outros, nas Igrejas e capelas auxiliares que compõem a Paróquia de Cachoeira Alegre, a Santa Missa de Natal teve início às 21:30 horas. Como ocorre sempre, a Matriz São Sebastião estava repleta de fiéis que participaram entusiástica e fervorosamente da Santa Eucaristia.

       Com as tarefas divididas para as diversas pastorais, a equipe de liturgia preparou uma belíssima celebração. Padre João Pedro, devidamente paramentado, adentra a Casa do Pai, seguido da equipe celebrativa, numa bela Procissão de Entrada. Esses momentos de júbilo, você pode conferir através de fotos nesse Portal.

        A entrada da Bíblia, foi também um momento marcante. O céu se iluminou, uma luz imensa apareceu, badalaram forte os sinos, o coral entoou o canto do Glória, a manjedoura, antes vazia; agora recebe o Sol de um Novo dia, a Virgem Maria se inclina e com afeto deposita nela, o Filho Jesus. Repousa já no presépio, o Menino Deus.

       Na Procissão do Ofertório, os três Reis Magos ofertaram ao Menino Jesus, os seus presentes, depositando naquela manjedoura: Ouro, Incenso e Mirra. Pode-se dizer que ali estava o fechamento de um ciclo e o inicio de outro. Ali, eles encontraram a razão de ser de suas vidas. Depois desse encontro, a vida deles foi transformada.

Meiquior ofereceu ouro, reconhecendo a realeza de Jesus. Ouro é presente para os reis.

Baltazar ofereceu mirra, homenageando a humildade de Jesus e também sua imortalidade, pois a mirra é usada para embalsamar os mortos, no sentido de vida eterna.

E Gaspar ofereceu incenso, para homenagear sua divindade, pois, sendo Filho de Deus, ele também é Deus. O incenso simboliza nossas orações  que sobem aos céus.

       O incenso oferecido nessa celebração, foi se consumindo no altar e inebriando toda a Igreja com seu agradável aroma. Outros momentos também foram muito bem preparados e executados. A homilia de nosso pároco, como não poderia deixar de ser, enfocou o nosso compromisso de cristãos e a importância de se deixar Jesus nascer nos nossos corações.

      Ao final, na grande confraternização, toda a Igreja se abraçou num desejo de Amor e Paz, num desejo de que todos tenhamos um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de Saúde e realizações. A essa altura, já se ouvia, no Pátio da Igreja, o som dos tambores, violões, sanfonas, pandeiros e outros instrumentos ornados de fitas que, os foliões traziam para a sua apresentação diante do Presépio.

   Logo, a Folia de Reis, do Mestre Irací, surgia na porta principal e respeitosamente, adentra a Matriz, se ajoelha diante do Menino Jesus e inicia seu louvor, sua adoração, com seu canto harmonioso, reconhecendo a divindade do Menino-Deus, num gesto muito belo, de uma tradição que vai passando de pai para filho e, que é de alguma forma, uma devoção, eu meio de manifestar seu amor, sua gratidão. Esses momentos de júbilo, você pode conferir através de fotos nesse Portal.

Fernando M. Ribeiro

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags