Editor: Fernando Mauro Ribeiro - portalnovotempo.com - © 2017 PORTAL NOVO TEMPO CACHOEIRA ALEGRE/MG.

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

SÃO LONGUINHO E A LANÇA QUE PERFUROU O SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

March 15, 2020

       Muitas pessoas o chamam quando querem encontrar algo, mas o seu exemplo diz muito mais, pois fala sobre perdão, transformação e o amor infinito do Senhor. Conheça a história desse Santo. “São Longuinho, São Longuinho, se eu achar o meu cartão – cartão de uma agência bancária – dou três pulinhos”. Foi o que eu disse um dia desses, quando já cansado de procurar, me lembrei do santo. Você já deve ter dito ou ouvido alguém falar essa frase quando está procurando algo. De tão repetida, para muitos virou só uma brincadeira e algumas pessoas até podem acreditar que o Santo que tudo encontra não existe de verdade, mas ele é real. O seu dia é comemorado no dia 15 de março e sua vida está cercada de histórias marcantes, como a crucificação do próprio Jesus Cristo.

     Mas a história de São Longuinho e o porquê de ele ser convocado quando alguém quer encontrar um objeto começou muito antes da Ressurreição. Quando ainda era chamado de Longinus, seu nome de batismo que deriva do grego e significava “lança”, conta-se que ele era um soldado de baixa estatura que servia na alta corte de Roma e participava das festas dos romanos. Pelo seu tamanho, conseguia ver o que se passava debaixo das mesas, encontrava o que estava perdido e devolvia aos donos. Assim surgiu sua fama de ser prestativo e de encontrar coisas que outros não viam. Outra explicação popular é que ele era o soldado responsável por recapturar objetos perdidos ou roubados.

DE LONGINUS A SÃO LONGUINHO

     Acredita-se que Longinus era um dos soldados que crucificou e torturou Jesus. Segundo o Evangelho de São João, quando um soldado perfurou o lado do Senhor, dali saíram sangue e água (Jo 19,34). Seria então essa água que respingou em Longinus e ele ficou curado de um problema que tinha nos olhos e também da sua falta de fé. Com aquilo, teve a certeza de que Jesus era mesmo o Filho de Jesus. A situação o levou à conversão, o fez abandonar o exército romano e fugir para a Capadócia para viver como monge pregando o cristianismo. Mas lá foi descoberto pelo governador e denunciado a Pôncio Pilatos.

     Acusado de desertor, Longinus, assim como aconteceu com outros santos, foi condenado à pena de morte, mas lhe deram uma condição: o perdão da Justiça viria se ele renunciasse a fé cristã. Ele não aceitou, o que o levou a ser barbaramente torturado e, em seguida, decapitado. Porém, quase dois mil anos depois, foi canonizado pelo Papa Silvestre II, em 999. São Longuinho é representado como um soldado com uma lança voltada para os seus olhos e também como monge. Em Viena, na Áustria, há uma relíquia daquela que seria a lança que perfurou o Sagrado Coração de Jesus e dele fez sair sangue e água.

     No Brasil, a única imagem de São Longuinho está na paróquia de Nossa Senhora da Escada, em Guararema (SP) onde se celebra o Santo no dia 15 de março. Na Basílica de São Pedro, em Roma, uma estátua de São Longuinho está colocada ao lado de um dos quatro pilares que sustentam a cúpula que está sobre o trono do Papa.

 

O QUE PODEMOS APRENDER:

     Já pensou que Jesus, em sua infinita misericórdia, curou aquele que o agredia e procurava mata-lo. Imagine então quantas ofensas menos nos fazem esquecer do próximo e negar o perdão. Quem com esse exemplo, cada um possa se fortalecer na certeza do perdão, do amor e se libertar do sentimento de culpa que tanto se distanciam do que o Senhor ofertou a seus filhos.

 

ORAÇÃO A SÃO LONGUINHO

     “ó GLORIOSO São Longuinho, a vós suplicamos, cheios de confiança em vossa intercessão. Sentimo-nos atraídos a vós, por uma especial devoção, sabemos que nossas súplicas serão ouvidas por Deus nosso Pai, se vós, tão amado por Ele, nos fizer representar. Lembrai-vos São Longuinho, prodigiosamente tocado pela graça de Jesus agonizante, em sua última hora, que nunca se ouviu dizer que algum daqueles que recorrem à vossa proteção, fosse por vós desamparados. Assim dignai-vos interpor em meu favor, vossa valiosa intercessão, perante Deus, para que me conceda viver e morrer como verdadeiro cristão, e me auxilie a encontrar o objeto de que tanto necessito. Amém. Dizer o nome do objeto que procura e rezar um Pai-Nosso e uma Ave Maria.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags