Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

PADRE JOÃO CELEBRA PARA UM PEQUENO GRUPO NA MATRIZ, O DOMINGO DA MISERICÓRDIA

April 19, 2020

     

 

Nesse domingo, 19 de abril, ainda em tempos de Covid-19, nosso pároco celebrou na Igreja-matriz São Sebastião de Cachoeira Alegre para um reduzido grupo de pessoas, em Cachoeira Alegre, O Domingo da Misericórdia. A celebração teve início com a participação de 37 pessoas, e ao final eram 43 os fiéis presentes. Estamos vivendo dias difíceis com a pandemia do corona-vírus, as missas estão sendo transmitidas pelas redes sociais e segundo comentários que foram colhidos, há muitos paroquianos acompanhando a transmissão pelo facebook. E é bom que seja assim, já que a OMS (Organização Mundial da Saúde) a Secretaria de Saúde e outros órgãos, vêm continuamente nos alertando para que permaneçamos em nossas casas, que se evite aglomerações, que tenhamos os devidos cuidados.

     Padre João Pedro disse hoje, que em nossa Paróquia tem realmente um grupo muito reduzido de pessoas para participarem da Santa Missa. Tanto aqui na Matriz, em Cachoeira Alegre, quanto na Igreja Nossa Senhora Imaculada Conceição em Barão do Monte Alto. Que entende que se deve ter de fato, as precauções para que a situação não se complique, porém, acha uma incoerência as pessoas deixarem de ir à igreja tomar parte na celebração da Santa Eucaristia, com a alegação de que pode se contaminar com o vírus; mas, podem ficar nos bancos das praças jogando cartas, tomando cerveja, batendo papo, em aglomeração. Outros, optam por comprar aguardente e ir com um grupo de amigos para as margens dos rios para pescar e fazer churrasco.

     O vírus só se adquire quando se vai à Igreja, indagou ele. O vírus estaria de plantão nas portas das Igrejas) Nas ruas e praças, e às margens dos rios, ele não ataca) Ele disse que vem observando isso em Barão do Monte Alto e Cachoeira Alegre. “Minha gente! Agora é que mais precisamos de estar em oração, de procurar Deus, e não bancos de praças”, concluiu ele!

Fernando M. Ribeiro    

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags