Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

JUBILEU DE OURO: 25 ANOS DE SACERDÓCIO DE PADRE JOÃO PEDRO

April 21, 2020

 

UMA VIDA CONSAGRADA

      Nesse dia 21 de abril, padre João Pedro de Melo, esse pernambucano arretado completa 25 anos de sacerdócio. Que bela data! Que dia feliz... dia de alegria e cânticos jubilosos! A primeira e mais importante consagração todos sabemos, mas é bom sempre lembrar, é aquela batismal e, a partir desta, a que a Tradição chama de Ianua Sacramentarum, quando nos tornamos, no sentido mais estrito e teológico do termo, “filhos de Deus”: a Igreja, nossa Mãe que nos gerou pelo Batismo, nos acompanha em nossa vida pelos outros Sacramentos de iniciação cristã: Crisma e Eucaristia; pelos Sacramentos de cura: Penitência ou Reconciliação e Unção dos Enfermos; e pelos Sacramentos para os serviços de comunhão: Ordem e Matrimônio.        

     Mas dentro do povo de Deus, alguns são chamados ao sacerdócio, respondendo, assim de forma bem específica à sua vocação. E é de um deles que, desejo falar, para registrar esta significativa data e destacar a importância de seu “sim” em favor da fé e do serviço do altar, para louvar a Deus pela vida consagrada desse jovem-senhor, para recordar a vocação que ele tem para viver uma amizade autêntica com o Senhor que o chamou para uma vida de profunda intimidade com Ele, a serviço do mundo. Quero também recordar a todos, o nosso dever de rezarmos por estes homens de Deus que nos mantêm sempre presentes em sua oração.

     “Protegei o Santo Papa, o nosso Bispo diocesano, o nosso pároco João Pedro de Melo e todo o clero, protegei e abençoai a nossa família e dai-nos a paz”. Com esta jaculatória, peço todo dia pelo nosso amado padre João. Também através de outra oração que faço diariamente, nosso sacerdote é lembrado: “Deus e Senhor nosso, protegei a vossa igreja, dai-lhe santos pastores e dignos Ministros, derramai Vossas bênçãos sobre nosso Santo Padre o Papa, sobre nosso Bispo, sobre nosso Pároco e todo o clero...” Uma oração tão linda quanto eficaz. Prece que evidencia nosso carinho para com os membros hierárquicos de nossa igreja, nossa gratidão pela fidelidade quando procuram nos ouvir em confissão, quando procuram servir ao povo, lutando pela sua libertação. Por serem eles que, através da transubstanciação transformam o pão e o vinho em Corpo e Sangue do Senhor, repetindo o que fez Jesus, quando se reuniu com os seus, naquela noite memorável e recomendou: “Fazei isso em memória de Mim”!

     Dessa forma, nossa Igreja celebra esse Memorial. Graças aos nossos sacerdotes, temos a alegria de conservar em nossa Comunidade a presença eucarística de Cristo. E é essa a nossa maior riqueza, é o alimento salutar que nos fortalece, direciona os nossos passos e mantêm viva a nossa fé. Estamos no Tempo da Páscoa, em que celebramos com o coração em festa, a Ressurreição de Cristo. Isso me faz lembrar que para chegarmos ao Glória da Ressurreição é preciso passar pelo Calvário, pela dor. Então, quero dizer, que somos eternos aprendizes. Que muito aprendemos com o senhor e que muito ainda aprenderemos. O padre João, bravo e zangado que muitas vezes nos assustou; hoje caminha conosco, nos ampara, nos estimula, nos ajuda a crescer.

     Aprendemos com o senhor que, a felicidade é algo que a vida vai outorgando através de infinidade de pequenos instantes. Querido padre João Pedro, agradecemos a Deus pelo senhor. E agradecemos ao senhor pela religiosidade, mostrando-nos sempre o caminho a ser seguido. A fé é um dom de Deus. Nossa fé também está baseada nos relatos dos Evangelhos como o anúncio do anjo (Mc 16. 1-8), a aparição às mulheres e à Maria Madalena (Jo 20. 1-18), aos discípulos de Emaús (Lc 24. 13-35), aos apóstolos (Jo 20. 19-30) e nos relatos de São Paulo (! Cor 15-,8) que chega a firmar que Jesus apareceu a cerca de 500 pessoas. Um testemunho também muito confiável e revelador nos vem através de suas homilias, seus sermões.

     Provavelmente, renunciara a alguns sonhos para dizer sim a Deus. Toda pergunta exige resposta e às vezes, tal resposta só é possível quando se há renúncia. Enfim, lançastes nos braços de Cristo, plantastes em muitas cidades, semeastes também aqui em nossa paróquia, e podes já perceber os frutos da terra que cultivaste. O sacerdote nos ensina a ver os rastros e o rosto de Deus.

Parabéns pelos 25 anos de sacerdócio!

Muito obrigado!

E dai-nos a tua bênção!

Fernando M. Ribeiro.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags