Please reload

Posts Recentes

       Quando a Palavra toca o coração das pessoas, elas compreendem melhor o amor de Deus por elas. Quando tomados pela misericórdia divina...

CELEBRAMOS NESSE DIA 04, OS 24 ANOS DE IDEALIZAÇÃO DA FUNDAÇÃO

September 4, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

O CAMINHO DA ORAÇÃO

       Cada Igreja propõe aos seus fiéis a linguagem da sua oração: palavras, melodias, gestos e imagem. Muitas Congregações religiosas recomendam métodos de oração, como os exercícios espirituais do Santo jesuíta Inácio de Loyola. O caminho da oração carmelitana é apresentado em dez passos e afirma que, se formos fiéis, em pouco tempo nossa vida será transformada. Santo Agostinho nos lembra que a oração é um dom de Deus. Por isso, devemos pedi-la como um mendigo.

       A oração é obra do Espírito santo, que clama em nosso interior (Romanos 8, 26). Ele nos dá as palavras e a voz para orarmos diante de Deus. Compete à Igreja organizar estes caminhos de oração. Aos pastores e catequistas incumbe a tarefa de explicar o seu sentido, sempre com referência a Jesus Cristo, pois não há outro caminho para a oração cristã senão Cristo.

       Seja comunitária ou pessoal, a nossa oração só tem acesso ao Pai se rezarmos “em nome de Jesus”. Por isso, as orações litúrgicas concluem-se com a fórmula: “Por nosso Senhor Jesus Cristo”. Mas, como se chega ao Pai). O caminho é Jesus, que nos foi enviado, com a força do Espírito santo, para nos revelar o Pai. Ninguém pode ir ao Pai se não for através dele. Por isso, devemos aprender a orar na escola de Jesus, que nos ensina a chamar Deus de Pai.

       E quando rezamos aos Santos, o que acontece). Os Santos são intercessores diante de Deus, pela graça de Cristo. Eles recebem as nossas orações e as apresentam a Deus para que Ele as realize em nossa vida. A grande intercessora de nossos pedidos a Deus é a virgem Maria. Todos os dias, e muitas vezes, devemos invoca-la, como nas Ladainhas, dizendo: rogai por nós. O mais belo pedido que podemos fazer a Virgem maria é esse: que ela se encarregue de suplicar a Deus por nós.

       A oração dilata nossos corações na confiança e no abandono, e as palavras de Jesus nos consolam: “Até agora vocês não receberam o que pediram porque não pediram em meu nome”. Tudo que pedimos em nome de Jesus recebemos, porque Ele é o caminho pelo qual chegamos ao Pai pela oração.

Pe. Francisco Sehnem, scj

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags